Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/35296
Title: Ligamento periodontal e síntese de colagénio: estudo experimental
Authors: Varanda, Nuno Daniel Esteves 
Orientador: Cabrita, António Silvério
Farinha, Rodrigo,
Issue Date: 2010
Abstract: O periodonto compreende todos os tecidos que suportam o dente: gengiva, osso alveolar, cemento radicular e o ligamento periodontal. O ligamento periodontal é uma estrutura de tecido conjuntivo que sustenta o dente no alvéolo. O principal constituinte desta estrutura são as fibras de colagénio, denominadas fibras de Sharpey, divididas em grupos, de acordo com a sua orientação e inserção. As funções principais do ligamento periodontal são, para além da sustentação do dente no alvéolo e da função sensorial, pela sua abundante inervação, a transmissão de forças oclusais ao osso alveolar de suporte, formação de células e nutrição deste, bem como do cemento e da gengiva. Quando o ligamento apresenta patologias como a periodontite, estas funções ficam comprometidas, com consequente extensão aos dentes suportados. As patologias do ligamento periodontal estão relacionadas fundamentalmente com situações infecciosas bacterianas. O latirismo é uma patologia que cursa com envolvimento do ligamento periodontal, condição patológica originada pela ingestão de sementes de leguminosas da espécies Latirus sativus. Esta doença é rara, sendo mais comum em países como a Etiópia e a Índia. O neurolatirismo é provocado por neurotóxicos (ácido L-3-oxalilamino-2-aminopropiónico (ODAP ou BOAA)), que lesionam os neurónios pela sua sobre estimulação, que culmina em morte neuronal. O osteolatirismo é provocado por agentes como o aminoacetonitrilo, beta-aminopropionitrilo e cisteamina, inibindo a formação de reticulados de colagénio, pela inibição da enzima lisil-oxidase, responsável pelas ligações cruzadas de colagénio e elastina. Para estudar os efeitos do latirismo no ligamento periodontal, foram utilizados 30 ratos Wistar macho com quatro semanas de idade divididos em três grupos. O grupo controlo foi alimentado com ração padronizada. Os grupos II e III, foram alimentados com ração em que foi incorporada semicarbazida nas doses de 3g/kg e 6g/kg, respectivamente. Todos os animais foram sacrificados ao fim de quatro semanas de ensaio. Para cada um dos indivíduos foi realizada a análise histopatológica e morfométrica do ligamento periodontal. Concluímos que não se observa uma diferença estatisticamente significativa entre o valor da área de ligamento periodontal entre os diversos grupos, apesar de se observar uma diminuição desta área nos grupos em que foi administrada semicarbazida, em relação aos animais do grupo controlo. Observa-se ainda a acumulação de hialina no ligamento periodontal dos animais dos grupos teste. A quantidade deste depósito quando comparado com a área do ligamento periodontal, não apresenta diferença estatisticamente significativa entre o grupo II e o grupo III. No entanto, observámos uma maior heterogeneidade entre os diferentes casos no grupo III, quando comparada a distribuição da área de hialina de cada um dos casos. The periodont is constituted by the tooth supporting tissues: gingiva, alveolar bone, radicular cementum and periodontal ligament. Periodontal ligament is a connective tissue that maintains the tooth inside the socket. The main constituents of this structure are collagen fibers also called Sharpey fibers, divided into two groups according to their insertion and orientation. Besides supporting the tooth, periodontal ligament is also responsible for sensitive response due to it’s innervation, to the oclusal force resorption from the tooth to the bone, cells formation and nutrition of itself, as to cementum and gingiva. In pathologies like periodontitis, mainly caused by bacterial infections, restrictions of those functions will compromise the ligament and the tooth, by consequence. Latirism is one pathology that affects periodontal ligament, caused by the ingestion of vegetable seeds from the Latirus sativa species. It is a rare disease, more common in countries such as Ethiopia and India. Neurolatirism can be induced with neurotoxics ((L-3-oxalilamino-2-aminopropiónic acid (ODAP or BOAA), which injures the neurons by over stimulating them and causing their death. Osteolatirism, caused by agents like aminoacetrinil, beta aminopropionitril and cisteamin, compromises the collagen reticulation, by inhibiting lisil-oxidize enzyme, responsible by elastin to collagen coupling. To study the effects of the latirism in the periodontal ligament, thirty male Wistar rats, 4 weeks old, where divided into three groups. The control group was kept with food and water ad libitum and the test groups II and III where fed using food with semicarbazide incorporated in the doses of 3g/kg and 6g/kg, respectively. All the animals were killed after 4 weeks. Histopathological and morfometrics evaluation were conducted on the periodontal ligament of each subject. We observed no significant differences between the areas of the periodontal ligament of the test groups, although they revealed some reduction of this area, when compared with control one. The hyaline areas differences, on the periodontal ligament of test groups weren’t statistically significant, but the distribution of the hyaline among the subjects of group III demonstrated more heterogeneity.
Description: Trabalho final do 5º ano com vista à atribuição do grau de mestre no âmbito do ciclo de estudos de Mestrado Integrado em Medicina Dentária apresentado à Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra.
URI: http://hdl.handle.net/10316/35296
Rights: openAccess
Appears in Collections:FMUC Med. Dentária - Teses de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
Tese Nuno Varanda.pdfTese Nuno Varanda1.26 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s) 5

1,114
checked on Sep 29, 2020

Download(s) 5

3,985
checked on Sep 29, 2020

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.