Title: Cidade como casa : poesia de compacidade na habitação unifamiliar em ambiente urbano denso - o caso de Tóquio
Authors: Grave, Carolina Maria da Cruz 
Keywords: Habitação, Tóquio;Habitação unifamiliar
Issue Date: Jul-2016
Abstract: O final da década de 80 trouxe o colapso de uma economia que assentara numa forte especulação. Ocorreu assim um período de recessão, em que os arquitetos japoneses foram confrontados com a necessidade de reformular, de modo radical, as suas propostas, de forma a adequá-las às novas condições económicas e sociais. No entanto, apesar da conjuntura de crise, nunca se deixou de construir. As mais estimulantes experiências arquitetónicas verificam-se no campo da habitação, em programas residenciais. Vários arquitetos propõem uma nova forma de habitar Tóquio, em que as habitações parecem não ter paredes, e os seus interiores, juntamente com a cidade, são tratados como um só ambiente.
The end of the 80s brought the collapse of an economy that had laid a strong speculation. Is thus a period of recession that the Japanese architects were faced with the need to reform radically their proposals in order to adapt them to the new economic and social conditions. However, despite the crisis situation they never stopped building. The most exciting architectural experiences are found in the field of housing in residential programs. Several architects propose a new way of inhabiting Tokyo, where the houses seem to have no walls, and even the interiors and the city are treated as a single environment.
Description: Dissertação de Mestrado Integrado em Arquitectura, apresentada ao Departamento de Arquitectura da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra.
URI: http://hdl.handle.net/10316/33029
Rights: openAccess
Appears in Collections:FCTUC Arquitectura - Teses de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TESE Carolina Grave.pdf30.87 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record
Google ScholarTM
Check
Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.