Title: Tectónica e arquitctura contemporânea : o caso da arquitectura suíço-alemã de finais do século XX
Authors: Handem, Cláudia de Almeida 
Keywords: Arquitectura, Alemanha, 1970-2000;Arquitectura, Suiça, 19790-2000;Arquitectura contemporânea;Construção;Tectónica
Issue Date: Jul-2016
Abstract: A presente dissertação explora o conceito de tectónica na prática arquitectónica contemporânea examinando os fundamentos que estão na origem do seu significado. A tectónica é um termo que está dificilmente associado a uma só definição, podendo ser entendido, num sentido lato, como compreendendo os aspectos técnicos do objecto arquitectónico e a sua representação artística. Quando se adivinha um conflito entre a técnica e os valores da arte, a tectónica é recolocada no discurso pela dificuldade de a arquitectura proporcionar uma experiência autêntica que não veja fragilizada o seu carácter ontológico nem o seu carácter representativo. O argumento que está aqui implícito é o de a arquitectura adquirir significado artístico a partir da expressão de temas intrínsecos à própria construção, e não de valores subjectivos estabelecidos a priori que transcendem a sua condição material. Isto é demonstrado através da análise dos desdobramentos da forma tectónica que foram desenvolvidos “num sentido moderno” a partir do século XIX, através do legado (arqui)tectónico de Friedrich Schinkel, Karl Bötticher e Gottfried Semper. A partir daqui, o percurso da tectónica adquire variações, sendo revisitado de forma pertinente a partir da segunda metade do século XX, por teóricos como Eduard Sekler e Kenneth Frampton. A análise da evolução do significado de tectónica desde a sua raiz etimológica até às interpretações fundadoras, permite entender de que forma a tectónica participa como meio estruturante no processo de criação arquitectónica. Para o corroborar, investigamos a sua real expressão na arquitectura suíço-alemã de finais do século XX, uma arquitectura que traz de volta uma linguagem equilibrada entre construção e simbolismo. Este reconhecimento permite compreender a importância dos princípios tectónicos no repensar da prática arquitectónica actual, expondo a arquitectura a um discurso que procura na objectividade da técnica a sua representação artística.
The present Master thesis explores the concept of tectonics in the contemporary architectural practice examining the foundations that underlie its meaning. Tectonics is a word that is hardly associated with only one definition, and it can be understood, in a broad sense, as encompassing the technical aspects of the architectural object and its artistic representation. When a possible conflict between the technique and the artistic values occurs, tectonics is relocated in the discourse by the difficulty of architecture in providing an authentic experience whose ontological character or representative character is not diminished. The argument that lies herein is that architecture acquires artistic significance from the expression of intrinsic subjects to the building itself and not from a priori established subjective values that transcend its material condition. This is shown through the analysis of the variations of the tectonics (form) that were developed “in a modern sense” from the nineteenth century on, through the (archi)tectonics legacy of Friedrich Schinkel, Karl Bötticher e Gottfried Semper. Since then, the course of tectonics has acquired variations, being impressively revisited in the second half of the twentieth century by theoreticians such as Eduard Sekler and Kenneth Frampton. The analysis of the evolution of the meaning of tectonics since its etymology to the founding interpretations, allows us to understand the way tectonics becomes a structural means in the process of architectural creation. In order to corroborate this, we study its true expression in Swiss-German architecture in the late twentieth century, an architecture that brings back a balanced language between construction and symbolism. This acknowledgement makes us aware of the importance of tectonic principles as far as present-day architectural practice is concerned, exposing architecture to a discourse that seeks, in the objectivity of technique, its artistic representation.
Description: Dissertação de Mestrado Integrado em Arquitectura, apresentada ao Departamento de Arquitectura da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra.
URI: http://hdl.handle.net/10316/33028
Rights: openAccess
Appears in Collections:FCTUC Arquitectura - Teses de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Cláudia Handem.pdf29.74 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record
Google ScholarTM
Check
Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.