Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/32965
Title: Colonialidades em xeque – Lições a partir da experiência do movimento katarista da Bolívia
Authors: Hashizume, Maurício 
Keywords: América Latina; Andes; Bolívia; Indigeneity; Movimento camponês­-indígena; Pensamento pós-­descolonial; Postcolonialism
Issue Date: 2015
Publisher: The Postcolonialist
Serial title, monograph or event: The Postcolonialist
Volume: 2
Issue: 2
Abstract: O movimento katarista, que emergiu no Altiplano boliviano no final dos anos 1960 e consolidou-se nas décadas seguintes, é apresentado como uma experiência concreta e pouco analisada de sindicato agrário institucionalizado com profundas características na linha daquilo que veio a se consolidar posteriormente como pensamento pós-descolonial. Trata-se de uma articulação sociopolítica protagonizada por camponeses-indígenas aymaras que, confrontando meios de organização moldados pela epistemologia e ontologia ocidental dominante, optaram por ocupar a estrutura sindical agrária para formular ideias e desenvolver ações e formulações de enfrentamento das formas de colonialidades, conforme reflexões de Aníbal Quijano. Por meio de um processo tenso, complexo e imprevisto de “ecologia de saberes” e de “tradução intercultural”, o Katarismo, como experiência concreta de “epistemologia do Sul” (Boaventura de Sousa Santos), conquistou espaço decisivo no quadro da organização social boliviana. Com base no diálogo e na combinação entre saberes e modos de vida ocidentais e não-ocidentais, ou seja, entre elementos da luta de classes e a reivindicação por direitos étnico-culturais diferenciados, constitui exemplo de luta fundada na “interseccionalidade” (Kimberly Crenshaw).
URI: http://hdl.handle.net/10316/32965
ISSN: 2330-510X
Rights: openAccess
Appears in Collections:I&D CES - Artigos em Revistas Internacionais

Show full item record

Page view(s)

197
checked on Oct 5, 2022

Download(s)

91
checked on Oct 5, 2022

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.