Title: Arquitectura e o moderno culto do comércio : proposta de requalificação do Centro Comercial Avenida
Authors: Mesquita, Luís Miguel 
Keywords: Centro Comercial Avenida requalificado
Issue Date: Jul-2016
Abstract: O Centro Comercial Avenida, localizado entre a Avenida Sá da Bandeira e a Rua Antero de Quental em Coimbra, encontra-se actualmente em estado de obsolescência, sem parte activa no sector comercial da cidade nem na vida dos seus cidadãos. O edifício foi construído com intenção de substituir o antigo Teatro Avenida, a sala de espectáculos mais representativa de Coimbra que, por diversas razões, se encontrava em elevado estado de degradação e que enfrentava uma queda de público. Iniciada a sua construção em 1985, o Edifício Avenida contou com um projecto da autoria do Arquitecto Carlos de Almeida onde a intenção era cruzar comércio e cultura numa estrutura que, unindo duas artérias da cidade, gerasse uma dinâmica concentrada naquele ponto de articulação. No entanto, o desconhecimento dos programas comerciais contemporâneos, associado à falta de referências de modelos similares em território nacional, deu origem a uma estrutura parcelada e pouco caracterizada que é reveladora de um certo receio em associar a vertente cultural à comercial. O presente estudo apresenta uma reflexão teórica em torno das questões questão inerentes ao exercício proposto para a requalificação do Centro Comercial Avenida, sem reconversão do seu programa e enfatizando a premissa de relação entre comércio e cultura. Por essa razão, procura estabelecer, não só as opções arquitectónicas que estão na origem dos Centros Comerciais actuais, mas também os princípios sociais que geraram as práticas modernas de comércio. Ao longo da História, surgem vários exemplos onde a relação entre as práticas de comércio e os hábitos de lazer se torna evidente e cuja evolução resultou nas estruturas comerciais contemporâneas. No processo de identificação do binómio consumo-lazer, tornou-se imprescindível analisar os conceitos de classe de lazer e homo ludens como elementos estruturantes dos hábitos de consumo. Nesta relação a tipologia da passage parisiense, encontra um papel determinante na definição das experiências comerciais contemporâneas permitindo a emergência da figura do flâneur. O projecto de requalificação apresentado recorre ao elemento de atravessamento para introduzir uma proposta de clarificação da estrutura comercial seguindo a adaptação de um modelo de passage, tomando por princípio a manutenção do programa de comercial do edifício e enfatizando a relação com cultura e lazer.
Located between Avenida Sá da Bandeira and Rua Antero de Quental in Coimbra, the Centro Comercial Avenida (Avenida Shopping Center) is currently in an obsolescent state and has become completely irrelevant in the city’s commercial live. The building was meant to replace the former Teatro Avenida, the most representative Theatre Hall in town which, for many reasons, had fallen into a high state of decadence and lack of public. The construction of the Edifício Avenida began in 1985 following the architecture project signed by Carlos de Almeida, whose intention was to intercross commerce and culture in a complex that would generate a proper dynamic by connecting two streets. However, the lower knowledge of contemporary commercial programs, associated to the lack of references of similar models in national context, originated an undercharacterized and parceled structure that points to some hesitation in associating a cultural aspect to a commercial one. The following study presents a theoretical reflection around the requalification of the Centro Comercial Avenida, enhancing the original premise of affinity between culture and commerce which the original project proposes but lacks to achieve. As such, the work seeks to explore, not only the architectural forms that originated the contemporary Shopping Malls, but also the social principles that generated the modern practices of commerce. Throughout history, several examples of the relationship between commercial practices and leisure habits may be identified in way to evidence the evolution that resulted in the contemporary commercial structures. While identifying the leisure-consumerism binomial, the need to analyze the concepts of leisure class and homo ludens as pillar elements to consumerism habits became evident. In such regard the typological structure of the Parisian passage has a determinant role in the definition of the contemporary comercial experience allowing for the appearence of the flâneur. The re-qualification project presented here draws upon the crossing characteristics of the buildings to introduce a proposal of clarification of the comercial structure following the model of the passage while also assuming as principle the maintenance of the commercial program of the building and its relation with culture and leisure.
Description: Dissertação de Mestrado Integrado em Arquitectura, apresentada ao Departamento de Arquitectura da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra.
URI: http://hdl.handle.net/10316/32912
Rights: openAccess
Appears in Collections:FCTUC Arquitectura - Teses de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Tese Miguel Mesquita Vol 01.pdf43.96 MBAdobe PDFView/Open
Tese Miguel Mesquita Vol 02.pdf330 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record
Google ScholarTM
Check
Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.