Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/32360
Title: Produtos de limpeza: incorporação de novos tensioativos e sais: Estudo de formulações biodegradáveis
Authors: Magalhães, Solange Sá 
Orientador: Antunes, Filipe
Alves, Luís
Sebastião, Marco
Issue Date: Sep-2014
Abstract: O projeto define as seguintes metas: o desenvolvimento de novas formulações – para ceras, cristalizadores e tira-gorduras ecológicos, apenas empregando materiais não tóxicos e que não apresentem perigos para a saúde humana nem para o ambiente. Este conceito conhecido como "green" ou "bio" vai ao encontro de uma das mais sensíveis e importantes direções da química: a sustentabilidade. Numa primeira etapa, nas ceras e nos cristalizadores, foi estudado a forma como o filme interage com o substrato, a rugosidade que este deve possuir para que apresente brilho adequado, mas que não seja considerado um piso escorregadio. No tira-gorduras foi feito um levantamento dos vários tipos de gorduras, como aderem ao substrato e como podemos hidrolisar a gordura, triglicerídeos, em compostos mais pequenos, os ácidos gordos, sem usarmos um pH extremamente alcalino. Procedeu-se à caracterização de formulações existentes no mercado em parâmetros como a hidrofobicidade, quantidade do extrato seco, assim como a quantidade de água, o pH, a viscosidade e a topografia formada pelo revestimento após aplicação nos pisos, bem como o tempo de degradação do filme formado e a resistência do mesmo à abrasão. Assim podemos conhecer melhor a composição das formulações existentes no mercado, entender a importância de cada componente que constitui a formulação das ceras, dos cristalizadores e do tira-gorduras. A partir dos resultados obtidos, foi feito um levantamento de todos os componentes que apresentam perigos para o ser Humano e para o ambiente, com vista à substituição por compostos menos agressivos, garantindo que cumprem a legislação em vigor para os detergentes, nomeadamente o regulamento CE 648/2004, e o regulamento REACH que estabelecem limites de biodegradabilidade bem definidos, defendendo que a degradabilidade deverá ser superior a 60% em 28 dias. Finalmente foram elaboradas algumas formulações de cristalizadores, ceras e tira-gorduras, usando sempre compostos químicos que não apresentam, segundo as normas do regulamento REACH, riscos significativos, sempre acompanhadas por um estudo físico-químico das mesmas, de modo a garantir a qualidade do produto.
URI: http://hdl.handle.net/10316/32360
Rights: embargoedAccess
Appears in Collections:FCTUC Química - Teses de Mestrado
UC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat Login
Tese_Solange_Magalhaes_(tem_EMBARGO).pdf2.1 MBAdobe PDFEmbargo Access    Request a copy
Show full item record

Page view(s)

320
checked on Aug 17, 2022

Download(s)

68
checked on Aug 17, 2022

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.