Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/32120
Title: Contributo da análise paleopatológica e paleoparasitológica na interpretação de indicadores de stresse fisiológico: estudo de uma amostra Islâmica medieval exumada de Santarém (Portugal)
Authors: Cunha, Daniela Patrícia Miranda da 
Orientador: Santos, Ana Luísa
Sianto, Luciana
Keywords: Hipoplasias lineares do esmalte; Cribra orbitalia; Helmintes; Muçulmanos; Idade Média
Issue Date: 2015
Citation: CUNHA, Daniela Patrícia Miranda da - Contributo da análise paleopatológica e paleoparasitológica na interpretação de indicadores de stresse fisiológico: estudo de uma amostra Islâmica medieval exumada de Santarém (Portugal) . Coimbra : [s.n.], 2015. Dissertação de Mestrado em Evolução e Biologia Humanas.
Place of publication or event: Coimbra
Abstract: A presente dissertação pretende contribuir para a interpretação dos indicadores de stresse fisiológico em 30 esqueletos medievais exumados de uma necrópole Islâmica localizada no subsolo do Largo Cândido dos Reis (Santarém). Para isso foi analisada distribuição demográfica dos indicadores de stresse, as relações que se estabelecem entre estes a nível individual, e suas associações a infeções parasitárias. Os esqueletos foram selecionados tendo em conta a sua preservação e o sedimento adjacente às áreas de interesse. Analisou-se macroscopicamente os crânios em busca de indicadores de stresse fisiológico: cribra cranii, cribra orbitalia e hipoplasias lineares do esmalte. Destes esqueletos recolheu-se também sedimento da região pélvica e craniana (amostra de controlo) para análise paleoparasitológica. As amostras de sedimento foram reidratadas com uma solução de Na3Po4 (0,5% concentração) e sedimentadas com um centrifuga a 2000 rotações por 1 minuto. Foram analisadas ao microscópio ótico pelo menos 20 lâminas de amostra para cada indivíduo em busca de vestígios de parasitas intestinais. As amostras de controlo foram observadas quando as respetivas amostras da zona ilíaca se mostraram positivas para helmintes. Não foram encontrados lesões de cribra cranii, mas a cribra orbitalia foi identificada em 57,89% dos indivíduos. A prevalência da lesão não foi afetada pelo sexo nem pela idade à morte. As hipoplasias lineares do esmalte observaram-se em 46,67% dos indivíduos, ocorrendo predominantemente nos caninos e incisivos. Estes tipos de dentes têm idêntico período de formação (1 a 6 anos) o que sugere que devem resultar de stresse sistémico. Foram recuperados ovos de parasitas intestinais em 23% das amostras. Ovos das espécies T. trichiura e A. lumbricoides foram identificadas em concentrações relativamente baixas. Os indicadores de stresse observaram-se simultaneamente em 21,05% dos indivíduos, todos do sexo masculino. Os indicadores de stresse revelaram-se positivamente correlacionados com infeções parasitárias, sendo que esta relação foi mais influenciada pelas hipoplasias lineares no esmalte. Estes resultados sugerem que os mesmos indicadores de stresse em diferentes indivíduos advêm de processos patológicos distintos: anemias adquiridas e congénitas, processos hemorrágicos, inflamatórios e infeciosos.
The aim of this dissertation is to contribute to the interpretation of physiological stress indicators in 30 medieval skeletons, exhumed from the Islamic necropolis located under Largo Cândido dos Reis (Santarém). The demographic distribution of stress indicators was analyzed as well as the relationship between different stress indicators and its associations with parasitic infection. The skeletons were selected by its preservation and the amount of sediment near the areas of interest. The skulls were analyzed macroscopically in search for stress indicators: cribra cranii, cribra orbitalia and linear enamel hypoplasias. Sediment from the pelvic and cranial (control samples) regions were collected from all skeletons for paleoparasitological analysis. The sediment samples were rehidratated in a 0.5% concentration solution of Na3Po4 and sedimentated in a centrifuge at 2000 rotations for 1 minute. At least 20 lamina were analyzed by optical microscopy for each individual in search for traces of intestinal parasites. The control samples were observed when the pelvic samples of the same individual were positive for helminths. It was not found any lesion of cribra cranii, but cribra orbitalia was identified in 57.89% of the individuals. The prevalence of this lesion was not affected by sex or age at death. The enamel hypoplasias were observed in 46.67% of the analyzed individuals, and occurred more commonly on canines and incisors. These tooth have similar period of formation (1 to 6 years), which suggest that these lesions should result from systemic stress. Parasites eggs were recovered from 23% of the analyzed samples. Eggs of the species T. trichiura and A. lumbricoides were identified in relatively small concentrations. The different stress indicators were observed simultaneously in 21.05% of the individuals and always on males. The stress indicators appeared positively correlated to parasitic infection, with enamel hypoplasia being the most influential stress indicator in this relationship. These results suggests that the same stress indicators in different individual came from diverse pathological processes: acquired and congenital anemia, hemorrhagic, inflammatory and infectious processes.
Description: Dissertação de Mestrado em Evolução e Biologia Humanas, apresentada ao Departamento de Ciências da Vida da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra.
URI: http://hdl.handle.net/10316/32120
Rights: openAccess
Appears in Collections:I&D CIAS - Dissertações de Mestrado
FCTUC Ciências da Vida - Teses de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
Tese.DanielaCunha.pdf1.34 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s)

113
checked on Sep 17, 2019

Download(s)

61
checked on Sep 17, 2019

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.