Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/32113
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorRamos, João Carlos Tomás-
dc.contributor.advisorVeríssimo, Manuel Teixeira-
dc.contributor.authorMarques, Fernando Miguel Rodrigues-
dc.date.accessioned2016-09-14T10:14:29Z-
dc.date.available2016-09-14T10:14:29Z-
dc.date.issued2014-
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10316/32113-
dc.descriptionDissertação de mestrado em Medicina do Desporto, apresentada à Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbrapor
dc.description.abstractIntrodução A prática de exercício físico é uma realidade na sociedade e a hidratação pré, per e pós competição é fundamental para o rendimento de um atleta, contribuindo para o aumento do consumo de bebidas desportivas isotónicas. Tratam-se de bebidas ácidas, com elevada capacidade tampão e constituídas por açúcares, que associadas ao aumento do refluxo gastroesofágico e diminuição da secreção salivar durante o exercício físico, contribuem para a criação e manutenção de um pH crítico na cavidade oral, aumentando o risco de cárie e/ou erosão dentária. O potencial erosivo, sendo de etiologia multifatorial, depende não só dos fatores químicos extrínsecos relacionados com as bebidas (pH, tipo de ácido, adesividade à estrutura dentária e aos materiais dentários, concentração de iões cálcio, fosfato e flúor), bem como de fatores intrínsecos (fluxo salivar e capacidade tampão) e de fatores comportamentais (frequência, forma de ingestão e hábitos de higiene). O potencial erosivo destas bebidas no esmalte dentário está comprovado, provocando desmineralização e sensibilidade dentária; no entanto, a literatura relativa ao efeito destas bebidas sobre as restaurações dentárias e suas interfaces é escassa. O presente estudo está estruturado em duas fases. A primeira fase tem por objetivo avaliar o efeito do envelhecimento em meio aquoso nas restaurações dentárias. A segunda fase tem por objetivo avaliar o efeito das bebidas ácidas nas restaurações dentárias. Materiais e métodos Foram efetuadas 80 restaurações com resina composta EsthetXHD (Dentsply DeTrey) em 40 dentes pré-molares humanos, íntegros e previamente extraídos por motivos ortodônticos, das quais 40 foram realizadas com sistema adesivo Prime&Bond®NT™ (Dentsply DeTrey) e 40 com sistema adesivo Xeno®V+ (Dentsply DeTrey). Os dentes foram seccionados longitudinalmente e para a 1ª fase do estudo as amostras foram submetidas a um processo de envelhecimento em meio aquoso durante 2 anos. Para a 2ª fase do estudo, foram selecionadas duas bebidas desportivas isotónicas (Isostar e Red Bull) e um refrigerante (Coca-Cola); como controlo negativo foi utilizada saliva artificial. As amostras foram aleatoriamente distribuídas por 8 grupos: grupo I (Prime&Bond®NT™ + Isostar); grupo II (Xeno®V+ + Isostar); grupo III (Prime&Bond®NT™ + Red Bull); grupo IV (Xeno®V+ + Red Bull); grupo V (Prime&Bond®NT™ + Coca-Cola); grupo VI (Xeno®V+ + Coca-Cola); grupo VII (Prime&Bond®NT™ + saliva artificial); grupo VIII (Xeno®V+ + saliva artificial). As amostras foram submetidas a dois protocolos de erosão consecutivos: no protocolo de imersão I as amostras foram submetidas às bebidas durante 14 dias consecutivos, duas vezes por dia durante 4 minutos de cada vez; no protocolo de imersão II as amostras foram submetidas durante 14 dias consecutivos, substituídas de 24h em 24h. A avaliação das amostras foi efetuada com base em critérios aprovados pela FDI, de acordo com diversos parâmetros incluídos em propriedades estéticas, funcionais e biológicas, por dois avaliadores, através de dois métodos: avaliação direta das restaurações e avaliação indireta a partir de macrofotografias digitais de grande ampliação. A análise das amostras foi efetuada em quatro períodos: t0 – após a execução das restaurações; t1 – após envelhecimento durante 2 anos; t2 – após o protocolo de imersão I; t3 – após o protocolo de imersão II. Foi ainda efetuada uma análise química sumária das bebidas testadas com determinação do pH e da capacidade tampão. Para a análise estatística foi utilizado o teste de Friedman para amostras emparelhadas e comparações par-a-par com o teste de Wilcoxon. Comparações inter-grupos foram efetuadas com recurso ao teste de Kruskal-Wallis e Mann-Whitney. O nível de significância estatística estabeleceu-se em α=0.05 para todas as análises. Resultados Avaliação direta das amostras Relativamente às propriedades estéticas, ocorreu um agravamento estatisticamente significativo de todos os parâmetros nos grupos V e VI em t3 e de alguns parâmetros nos grupos II e IV também em t3. Relativamente às propriedades funcionais, ocorreu um agravamento estatisticamente significativo em todos os grupos das bebidas ácidas, maioritariamente em t3. Relativamente às propriedades biológicas, ocorreu um agravamento estatisticamente significativo nos grupos III, IV, V e VI, todos em t3. Nos grupos VII e VIII não ocorreram alterações. Avaliação indireta a partir de macrofotografias digitais de grande ampliação Relativamente às propriedades estéticas, ocorreu um agravamento estatisticamente significativo na maioria dos parâmetros em t3, em todos os grupos das bebidas ácidas. Relativamente às propriedades funcionais, ocorreu um agravamento estatisticamente significativo nos grupos III, IV, V e VI em t3. Relativamente às propriedades biológicas, ocorreu também um agravamento estatisticamente significativo nos grupos III, IV, V e VI em t3. Nos grupos VII e VIII não ocorreram alterações. Conclusões O envelhecimento em meio aquoso durante dois anos não provocou alterações significativas nas restaurações dentárias. As bebidas ácidas provocam alterações significativas nas restaurações dentárias e respetivos tecidos dentários marginais, cuja gravidade depende do tipo de bebida e do protocolo de exposição à mesma. O tipo de sistema adesivo utilizado não influenciou as alterações provocadas pelas bebidas ácidas nas restaurações dentárias executadas em resina composta. A avaliação indireta das restaurações a partir de macrofotografias digitais revelou ser um método útil em vários parâmetros para complementar a avaliação direta segundo alguns critérios adotados pela FDI.por
dc.language.isoporpor
dc.rightsopenAccesspor
dc.subjectBebidas isotónicaspor
dc.subjectErosão dentáriapor
dc.subjectRestauração dentáriapor
dc.titleEfeito das bebidas desportivas nas restaurações dentárias : estudo in vitropor
dc.typemasterThesispor
dc.peerreviewedYespor
dc.identifier.tid201627027-
item.languageiso639-1pt-
item.fulltextCom Texto completo-
item.grantfulltextopen-
Appears in Collections:FMUC Medicina - Teses de Mestrado
Files in This Item:
File Description SizeFormat
Tese conteúdo.pdfDocumento principal3.29 MBAdobe PDFView/Open
Capa tese.pdfCapa103.25 kBAdobe PDFView/Open
Show simple item record

Page view(s) 20

631
checked on Oct 20, 2020

Download(s) 20

763
checked on Oct 20, 2020

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.