Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/31989
Title: Compreensão da informação e hipertensão arterial
Authors: Silva, Beatriz Rosendo de Carvalho 
Orientador: Santiago, Luiz Miguel de Mendonça Soares
Gonçalves, Lino Manuel Martins
Keywords: Hipertensão arterial; Informação; Compreensão
Issue Date: 2015
Abstract: Introdução- O maior determinante na redução do risco cardiovascular é a diminuição da Pressão Arterial (PA). Este estudo tem por objetivo determinar se a compreensão da informação passada na consulta de Hipertensão Arterial (HTA) pela equipa de saúde influencia os valores da PA ou controlo da PA em pacientes hipertensos seguidos numa Unidade de Cuidados de Saúde Primários. A informação dada ao consulente parece influenciar o seu controlo da PA mas não se sabe se a compreensão dessa informação está relacionada também. Métodos- Estudo prospectivo longitudinal com intervenção. A recolha de dados decorreu entre 15 de Março e 15 Maio de 2015. Aplicação de folheto informativo construído e validado sobre definição e tratamento da Hipertensão Arterial na consulta de seguimento de Hipertensos após questionário específico sobre o tema e medição da Pressão Arterial. Remedição do conhecimento com o mesmo questionário na consulta seguinte, a 1 mês e da Pressão Arterial. Estatística descritiva e Inferencial. Resultados- A amostra final foi constituída por 49 participantes. Os valores de TAS melhoraram significativamente da primeira para a segunda consulta(p=0,015) sem ter em conta a comprenssão. No grupo que compreendeu melhor e informação, passado um mês os valores de TAD e de TAS também melhoraram, embora não se possa concluir que a compreensão tenha tido impacto. Houve uma melhoria das respostas ao questionário na sua globalidade e em duas perguntas do questionário essa melhoria foi significativa. A percentagem de hipertensos controlados (TAS<140 ou TAD<80) não subiu 4 significativamente, nem mesmo no grupo dos que apresentaram uma melhoria da compreensão. Discussão- As principais limitações do estudo foram o número de participantes e a restrição a uma só região do país o que limita o potencial de generalização. Os principais pontos fortes foram o facto de o tema ser original e de se ter utilizado um folheto construído e validado. Conclusão- Não se pode concluir que a compreensão da informação influencia o controlo da Hipertensão Arterial a curto prazo pelo que devem continuar a ser feitos estudos no sentido de esclarecer se há necessidade de se realizarem intervenções deste tipo no futuro
Introduction- Blood Pressure’s (BP) decrease is the major determinant in reducing cardiovascular risk. This study aims to determine whether the understanding of delivered information on Arterial Hypertension by the health team influences the values of BP or the control of BP in hypertensive patients followed in a Primary Health Care Unit. The information given to the patient appears to influence its control of the PA but it is not known if understanding that information is also related to it. Methods- Longitudinal prospective study with intervention. Data collection took place between 15 March and 15 May, 2015. Leaflet designed and validated on definition and treatment of High Blood Pressure was applied in Hypertensive follow-up visit after specific questionnaire on the subject and measurement of blood pressure. In the following appointment 1 month latter BP was measured again and the knowledge was tested with the same questionnaire. Descriptive and Inferential statistics. Results- The final sample consisted of 49 participants. The Diastolic Blood Pressure (DBS) values improved significantly from the first to the second visit (p=0,015) without considering understanding. A month later the group that understood better the information had improved values of DBP and Sistolic Blood Pressure (SBP) but the conclusion that the understanding has had an impact on that can’t be made. There was an improvement of the answers to the questionnaire as a whole and in two of these questions, the improvement was significant. The percentage of controlled hypertensive patients (SBP <140 or DBP <80) did not rise significantly, even in the group of those who presented a better understanding of the information. 6 Discussion- The main limitations of the study were the number of participants and the fact that they belonged to one simple region of the country which limits the potential for generalization. The main strengths were the theme being original and the fact that the leaflet was designed and validated Conclusion- Conclusions on the fact that understanding information influences the control of the Hypertension in the short term can’t be made, that is why studies should be done to clarify whether there is need to carry out interventions of this kind in the future
Description: Trabalho final de mestrado integrado em Medicina (Medicina Geral e Familiar), apresentado á Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra
URI: http://hdl.handle.net/10316/31989
Rights: openAccess
Appears in Collections:FMUC Medicina - Teses de Mestrado
UC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
Tese Beatriz.pdf927.22 kBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s) 5

1,633
checked on Aug 3, 2022

Download(s) 50

540
checked on Aug 3, 2022

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.