Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/31835
Title: Atitudes para com o uso do cartão de crédito dos estudantes da Universidade de Coimbra
Authors: Abrantes, Sónia Mafalda de Almeida Cardoso 
Orientador: Pereira, Maria da Conceição Costa
Coelho, Filipe Jorge Fernandes
Keywords: Produtos financeiros; Cartões de crédito; Alunos do ensino superior; Universidade de Coimbra
Issue Date: 5-Jul-2016
Publisher: FEUC
Citation: Abrantes, Sónia Mafalda de Almeida Cardoso - Atitudes para com o uso do cartão de crédito dos estudantes da Universidade de Coimbra, Coimbra, 2016.
Abstract: Sendo o cartão de crédito um produto financeiro que permite fidelizar um cliente, tem aumentado o interesse das instituições financeiras peto segmento universitário, uma vez que veem nestes estudantes, futuros bons clientes. Face a esta realidade, é importante perceber em que medida os estudantes são mais permeáveis a atitudes favoráveis para com o cartão de crédito. o presente trabalho surge, assim, com o objetivo de sanar uma lacuna na literatura no que respeita à análise dos fatores que podem influenciar as atitudes para com o uso do cartão de crédito, por parte dos estudantes do ensino superior em Portugal, nas suas dimensões afetiva, cognitiva e comportamental. Na análise foram incluídas como variáveis expticativas as quatro dimensões das atitudes para com o dinheiro (ansiedade, retenção, sensibilidade ao preço e prestígio), a socialização e fatores de ordem demográfica e económica. A base de dados utilizada foi criada a partir de um questionário efectuado aos estudantes da universidade de coimbra durante o mês de Abril de 2016, com uma amostra de 683 observações validadas. utilizou-se o método dos mínimos quadrados (oLS) para averiguar os fatores que explicam as atitudes para com o uso do cartão de crédito nas suas três dimensões. Como principais resultados revela-se que as atitudes para com o dinheiro explicam as atitudes dos estudantes para com o uso do cartão de crédíto. Há evidência de que a sensibilidade ao preço, e a ansiedade estão negativamente relacionadas com as atítudes para com o cartão de crédito. A dimensão retenção apresenta uma relação em U invertido com as atitudes para com o cartão de crédito. Já a dimensão poder apresenta uma relação positiva, por vezes com rendimentos decrescentes, com as atitudes. Também a socialização parental (analisada a partir de diferentes variáveis) e pelos amigos revelam-se fatores que influenciam as atitudes para com o cartão de crédito. Verifica-se ainda que para os grupos etários mais etevados a sua relação/atitude para com o cartão de crédito é mais desfavorável. Conhecer os determinantes com maior influencia na utilização do cartão de crédito pelos estudantes universitários permite aos responsáveis educacionais e decisores políticos implementarem medidas retativas à disponibilização deste produto financeiro aos jovens consciencializando-os dos riscos do seu uso, sobretudo ao nívet do endividamento.
Description: Trabalho de projeto do mestrado em Economia (Economia Financeira), apresentado à Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra, sob a orientação de Conceição Pereira e Filipe Coelho.
URI: http://hdl.handle.net/10316/31835
Rights: openAccess
Appears in Collections:FEUC- Teses de Mestrado
UC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
TP__22_06.pdf557.95 kBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s) 50

484
checked on Nov 28, 2022

Download(s) 50

240
checked on Nov 28, 2022

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.