Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/31090
Title: Estudo epidemiológico da qualidade de vida de uma coorte de idosos em meio rural do Centro de Portugal
Authors: Marques, Joana Cláudia Figueiredo 
Orientador: Alvarez, Manuela
Nogueira, Helena
Keywords: Envelhecimento; Idosos; Região Dão-Lafões; Componentes do envelhecimento; Qualidade de vida
Issue Date: 2014
Citation: MARQUES, Joana Cláudia - Estudo epidemiológico da qualidade de vida de uma coorte de idosos em meio rural do centro de Portugal. Coimbra : [s.n.], 2014. Dissertação de mestrado em Antropologia Médica
Place of publication or event: Coimbra
Abstract: O envelhecimento é um processo biológico irreversível que afeta todas as pessoas mais ou menos de igual forma. Várias têm sido as propostas explicativas acerca deste fenómeno, desde a biologia evolutiva à genética, passando pela antropologia, todos têm contribuído para uma melhor compreensão do envelhecimento como fenómeno biológico e social. Em Portugal, o número de pessoas com mais de 65 anos é duas vezes superior ao de pessoas com menos de 15 anos, o que coloca a população Portuguesa entre as mais envelhecidas do mundo. Perante este cenário, é importante avaliar a qualidade de vida dos idosos em diferentes contextos sociais de modo a inferir quais os componentes da sua vida que mais influenciam o seu bem-estar. Nesse sentido, o presente trabalho teve como objetivo principal criar um perfil epidemiológico de um grupo de idosos residentes em zonas rurais da Região Centro de Portugal e inferir quais os componentes da sua vida diária mais influenciaram a sua perceção de qualidade de vida. Para cumprir este objectivo foram entrevistados 133 idosos, 123 residentes em lares de terceira idade e em centros de dia, e 10 residentes em casa de família. As entrevistas incluíram um inquérito misto, com questões de resposta aberta e questões de resposta fechada, que incidiram sobre vários aspetos dos domínios físico, social e psicológico. As respostas fechadas foram analisadas quantitativamente e permitiram conhecer os problemas de saúde dos idosos e o número de medicamentos consumido diariamente, e outros aspetos da sua vida actual e passada, tais como a profissão, o estado civil e o grau de escolaridade. As respostas abertas foram analisadas qualitativamente e permitiram perceber aquilo que era a opinião, medo e anseio dos idosos relativamente aos aspetos anteriormente referidos. A maioria considerou ter uma boa qualidade de vida, embora a análise estatística por domínios ter revelado que o contrário, que a qualidade não seria tao boa quanto a obtida pelas respostas dos idosos. No futuro deverá ainda ser acrescentada uma avaliação genética desta amostra que complemente o estudo permita evidenciar a existência ou não de determinados factores genéticos associados ao envelhecimento e longevidade.
Aging is an irreversible biological process that affects all people more or less equally. Several have been explanatory proposals about this phenomenon, since evolutionary biology to genetics, through anthropology, all have contributed to a better understanding of ageing as a biological and social phenomenon. In Portugal, the number of people aged over 65 years is two times higher than that of people under the age of 15 years, which puts the Portuguese population among the most aged in the world. Against this background, it is important to assess the quality of life of the elderly in different social contexts in order to infer which components of daily life that most influence their wellbeing. In this background, the present work had as main gold to create an epidemiological profile of a group of elderly living in rural areas of the central region of Portugal and infer which components of daily life more influenced the lack of quality. To fulfill this objective were interviewed 133 elderly, 123 residents in nursing homes for the elderly and in day-care centers, and 10 residents in family home. The interviews included a joint inquiry with both open and closed response questions, which focused on various aspects of physical, social and psychological domains. The closed answers were analyzed quantitatively and allowed to meet the health problems of the elderly and the number of drugs consumed daily, and other aspects of their current and past life and passed, such as profession, marital status and educational level. The open answers were analyzed qualitatively and allowed to realize their personal opinion, fear and yearning of the elderly in relation to the abovementioned aspects. The majority considered had good quality of life although the statistical analysis by domains revealed that quality was not that good. In the future must still be added a genetic evaluation of this sample that complements the study may reveal the existence or not of certain genetic factors associated with aging and longevity.
Description: Dissertação de mestrado em Antropologia Médica, apresentada ao Departamento de Ciências da Vida da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra.
URI: http://hdl.handle.net/10316/31090
Rights: openAccess
Appears in Collections:I&D CIAS - Dissertações de Mestrado
FCTUC Ciências da Vida - Teses de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
Dissertação de Joana Marques.pdf1.78 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s) 50

266
checked on Sep 18, 2019

Download(s)

127
checked on Sep 18, 2019

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.