Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/31006
Title: Cuidados paliativos e necessidades de familiares do doente e de profissionais: perspetiva de profissionais de saúde
Authors: Roque, Rute Alexandra Vilela 
Orientador: Relvas, Ana Paula
Areia, Neide Luísa Portela
Keywords: Cuidados paliativos; Doentes terminais
Issue Date: 30-Jul-2015
Serial title, monograph or event: Cuidados paliativos e necessidades de familiares do doente e de profissionais: perspetiva de profissionais de saúde
Place of publication or event: Coimbra
Abstract: Objetivos. A presente investigação visou perceber qual a perspetiva dos profissionais de saúde, relativamente às necessidades de familiares de doentes terminais em cuidados paliativos. Método. Para concretizar este objetivo foi realizado um grupo focal com dois médicos e uma técnica de enfermagem, tendo por base um guião de entrevista semi-estruturada. Os dados foram analisados através da metodologia Grounded Theory e do software Nvivo 10. Resultados. Através da utilização da metodologia Grounded Theory emergiram três categorias gerais: Objetivo e missão dos cuidados paliativos, Profissionais de saúde e cuidados paliativos e Impacto nos familiares do doente, sendo que cada uma das categorias referidas integra as respetivas sub-categorias que resultaram da análise dos dados. Relativamente às sub-categorias da categoria Profissionais de saúde e cuidados paliativos, estas são: impacto da atividade; condições para trabalhar em cuidados paliativos; necessidades e papel que desempenham junto das famílias. No que diz respeito às sub-categorias da categoria Impacto nos familiares do doente, estas são: dificuldades com a proximidade da morte e necessidades. É de salientar que, a cada sub-categoria, estão associadas outras sub-categorias resultantes da análise detalhada da entrevista como se pode observar na árvore categorial (Fig.1). Os resultados obtidos focam-se principalmente em questões organizacionais do sistema de saúde, relacionadas com a situação política e governamental que se vive atualmente em Portugal, relegando um pouco para segundo plano a questão das necessidades dos familiares. Conclusões. A realização deste estudo foi relevante, na medida em que permitiu compreender que para os profissionais cumprirem as suas funções e satisfazerem as necessidades dos outros (doente e família), têm que, primeiramente, ter as suas necessidades satisfeitas. Para além desta questão, os resultados reafirmam a importância do impacto da doença terminal no sistema familiar.
Goals. This present research aimed to understand what the perspective of health professionals in relation to family needs of terminally ill patients in palliative care. Method. To achieve the realization of this goal a focus group was used with two doctors and a nursing technician, based on a semi-structured interview guide. The data was analyzed using grounded theory methodology and Nvivo 10 software. Results. By using Grounded Theory methodology emerged three general categories: Purpose and mission of palliative care, Health professionals and palliative care and impact on family of the patient, and each of the categories referred integrates the respective sub-categories that resulted from the analysis of data. With regard to sub-categories of the category health professionals and palliative care, these are: the impact of the activity; conditions to work in palliative care; needs and the role they play with their families. According to sub-categories of the impact on the patient’s family, these are: the difficulties with the approach of death and needs. It should be noted that each sub-category, is associated with other sub-categories resulting from the detailed analysis of the interview, how it can be observed in categorical tree (Fig.1). The results focus mainly on organizational issues of health care, related to the political and governmental situation that currently is lived in Portugal, neglecting the question of the family needs into the background. Conclusions. The realization of this study was relevant, as it allows us to understand that, for the professionals to carry out their duties and meet the needs of others (patient and family), they must first have their needs met. Apart from this question, the results reaffirm the importance of the impact of terminal illness in the family system.
Description: Dissertação de mestrado em Psicologia Clínica e da Saúde (Sistémica, Saúde e Família), apresentada à Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação.
URI: http://hdl.handle.net/10316/31006
Rights: openAccess
Appears in Collections:FPCEUC - Teses de Mestrado
UC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
Dissertação Rute Roque.pdf830.93 kBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s) 10

889
checked on Aug 3, 2022

Download(s)

229
checked on Aug 3, 2022

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.