Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/30679
Title: Castro de Avelãs (Bragança). Análise de uma amostra populacional exumada do sítio da Torre Velha.
Authors: Brito, André Figueiredo 
Orientador: Umbelino, Cláudia
Carvalho, Pedro C.
Keywords: Trás-os-Montes; Castro de Avelãs; Alta Idade Média; Antropologia funerária; Paleobiologia
Issue Date: 2013
Citation: BRITO, André Figueiredo - Castro de Avelãs (Bragança) : análise de uma amostra populacional exumada do sítio da Torre Velha. Coimbra : [s.n.], 2013. Dissertação de Mestrado. Disponível na WWW em: <http://hdl.handle.net/10316/30679>.
Place of publication or event: Coimbra
Abstract: A presente dissertação teve por objetivo elucidar os momentos de ocupação do sítio da Torre Velha, em Castro de Avelãs (Bragança), local regularmente citado na bibliografia devido à sua importância na época romana, através do estudo paleobiológico do material osteológico exumado durante a campanha de escavações realizada no local em 2012. Para se obter uma cronologia da necrópole, a amostra osteológica foi datada pelo radiocarbono no laboratório da Beta Analytics Inc. no Reino Unido. As datações apontam para um período de ocupação entre o século VII e o século XIII. Os vestígios exumados correspondem a 21 indivíduos, 4 não adultos com idades à morte estimadas entre os 0 e os 19 anos, e 17 maioritariamente masculinos (54%), com idades à morte estimadas entre os 20 e os 65 anos. Foram ainda exumados 4 ossários com um número mínimo de 14 indivíduos, dos quais 59% são masculinos, estando a idade à morte balizada entre os 21 e os 50 anos. A estatura dos indivíduos masculinos está compreendida entre os 170 e os 174 cm, estando a do sexo feminino entre os 160 e os 170 cm. Em termos morfológicos dois indivíduos revelaram ter origens africanas. O estudo paleopatológico revelou a presença de lesões cariogénicas em 53% dos indivíduos em inumação primárias. A presença de tártaro foi registada sobretudo na mandíbula, estando o grau mínimo presente em 49% dos indivíduos. Nas patologias observadas registaram-se casos interessantes, sendo um deles uma patologia congénita rara designada por fusão não óssea calcâneo-cuboide.
The objective of this thesis was to elucidate the moments of occupation of the site Torre Velha in Castro de Avelãs, Bragança, a place regularly cited in the bibliography due to its importance in roman times, using for that a paleobiological study of the osteological material exhumed during the first archaeological campaign, in 2012. A sample of the material was dated by radiocarbon in a UK laboratory of Beta Analytics Inc. to obtain the chronology of the necropolis. The results indicate a period of occupation between VII A.D. and XIII A.D. The exhumed remains belong to 21 individuals, 4 non adults with an age at death between 0 and 19 years of age, and 17 adults, mostly men (54%), with estimated ages of death between 20 and 65 years. Four ossuaries were also also retrieved, with a minimal number of individuals of 14, of which 59% were men. The height of the men is between 170 and 174 cm, and the women between 160 and 170 cm. In morphological terms two individuals had African origins. The paleopathological study revealed the presence of cariogenic lesions in 53% of individuals from the primary burials. The presence of calculus was recorded especially in the mandibular dentition, being the minimum degree present in 49% of the individuals. There were interesting pathological cases observed, one of them being a rare congenital disorder called non-osseous calcaneocuboid coalition.
Description: Dissertação de Mestrado em Evolução e Biologia Humanas, apresentada ao Departamento de Ciências da Vida da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra.
URI: http://hdl.handle.net/10316/30679
Rights: openAccess
Appears in Collections:I&D CIAS - Dissertações de Mestrado
FCTUC Ciências da Vida - Teses de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
Análise de uma amostra populacional exumada do sítio da Torre Velha.pdf7.76 MBAdobe PDFView/Open
Anexo 1, 3º.pdf472.06 kBAdobe PDFView/Open
Anexo 2, 2º.pdf456.73 kBAdobe PDFView/Open
Anexo 3, 4º.pdf31.88 kBAdobe PDFView/Open
Anexo 3bis, 5º.pdf774.75 kBAdobe PDFView/Open
Apêndice, 1º.pdf2.07 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s) 50

233
checked on Sep 18, 2019

Download(s) 10

1,466
checked on Sep 18, 2019

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.