Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/30650
Title: A doença num contexto sócio económico cultural. Memórias e realidades de Coimbra no século XIX e XX
Authors: Correia, Maria Goreti Simões 
Orientador: Alvarez, Maria Manuela Pratas
Keywords: Cidade de Coimbra; Saúde; Padrão de mortalidade; Causas de morte; Pobreza
Issue Date: 2012
Citation: Correia, Maria Goreti Simões . A doença num contexto sócio económico cultural. Memórias e realidades de Coimbra no século XIX e XX. Coimbra : [s.n.], 2012. Dissertação de Mestrado em Antropologia Médica
Place of publication or event: Coimbra
Abstract: No virar do século XIX para o século XX, a cidade de Coimbra recebeu as primeiras instalações fabris mas não possuia as insfraestruturas urbanas necessárias para proporcionar aos seus habitantes condições de salubridade. Partindo do pressuposto que as condições de vida da população influenciaram profundamente o seu estado de saúde, foi analisado o padrão de mortalidade registado nos livros de enterramento do Cemitério da Conchada, no período entre 1884 e 1910. Este cemitério foi o primeiro local de enterramento construído pelo municipio de Coimbra para receber os óbitos ocorridos nas freguesias de Santa Cruz, São Bartolomeu, Sé Nova e Sé Velha. Os registos de entrada dos óbitos foram acompanhados pelo sexo, idade, causa de morte, profissão e tipo de enterramento. Estas variáveis permitiram verificar, com recurso ao teste estatístico do χ 2 (Qui quadrado), que a relação entre a causa de morte e a profissão era estatisticamente significativa. O padrão de mortalidade no cemitério da Conchada caracterizou-se pelo: i) domínio das doenças infeciosas; ii) número elevado de óbitos das crianças até aos 9 anos de idade; iii) falecimento precoce nas categorias profissionais mais esgotantes e mal remuneradas, a viver em condições habitacionais desfavoráveis. As doenças infeciosas responsáveis pelo maior número de óbitos foram a tuberculose, a pneumonia, a meningite e a bronquite, mais frequentes no Inverno. No Verão, a disenteria foi a infeção bacteriana que originou maior número de óbitos. Estas características do padrão de mortalidade permitiram concluir que o estado de saúde da população das freguesias de Santa Cruz, São Bartolomeu, Sé Nova e Sé Velha, era débil, devido, sobretudo, à insalubridade das habitações e ao baixo status nutricional.
At the turn of the 19th century to the 20th century, the city of Coimbra received its first industries but it did not have the necessary urban infrastructures to provide them with proper housing conditions. On the assumption that the population’s health was deeply influenced by their poor home structures, the pattern of mortality, previously recorded in the books of burial of Conchada cemetery, was analyzed in the period between 1884 and 1910. This cemetery was the first burial site built by the municipality of Coimbra for the deaths in the parishes of Santa Cruz, São Bartolomeu, Sé Nova and Sé Velha. The data included gender, age, cause of death, occupation and type of burial. The statistical analysis by the χ2 (Chi square) test found that the connection between the cause of death and the individuals’ profession was statistically relevant. The mortality pattern of Conchada’s graveyard was characterized by i) the dominance of infectious diseases, ii) the high mortality of the children under 9 years old iii) the early deaths of workers in grueling and low paying jobs. Infectious diseases were the main cause of death - tuberculosis, pneumonia, meningitis and bronchitis, more frequent in the winter. In the summer, dysentery was the bacterial infection that resulted in a greater number of deaths. These features of the mortality pattern has led to the conclusion that the state of health of the population of the parishes of Santa Cruz, São Bartolomeu, See New and old cathedral, was poor, due to the unsanitary conditions of residences and low nutritional status.
Description: Dissertação de mestrado em Antropologia Médica, apresentada ao Departamento de Ciências da Vida da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra.
URI: http://hdl.handle.net/10316/30650
Rights: openAccess
Appears in Collections:FCTUC Ciências da Vida - Teses de Mestrado
UC - Dissertações de Mestrado
I&D CIAS - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
Tese Goreti.pdf1.45 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s)

287
checked on Sep 27, 2022

Download(s) 20

1,068
checked on Sep 27, 2022

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.