Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/30627
Title: Enxertos cutâneos: aplicações em cirurgia dermatológica
Authors: Carvalho, Ana Filipa Represas 
Orientador: Vieira, Ricardo José David Costa
Keywords: enxerto cutâneo; enxerto de pele parcial; enxerto de pele total; enxerto composto; reconstrução
Issue Date: 2015
Abstract: Introdução: Os enxertos cutâneos são secções de pele transferidas de uma área do corpo para outra. Representam um método versátil e dinâmico de reconstrução cutânea, aplicado quando outras opções não são adequadas. São amplamente usados e constituem uma das técnicas indispensáveis em Cirurgia Dermatológica. Os defeitos cirúrgicos resultantes da excisão de neoplasias cutâneas são a sua principal indicação. Como se tem assistido a um aumento progressivo de doentes com neoplasias, a compreensão minuciosa e detalhada de cada técnica, bem como o conhecimento das aplicações dos diferentes enxertos, é essencial para uma boa prática cirúrgica. Materiais e Métodos: Foram selecionados artigos científicos relativos a diversas aplicações de enxertos cutâneos em Cirurgia Dermatológica, com recurso às plataformas PubMed, Medscape, SciELO e UpToDate. Foram, ainda, consultados livros de texto que se consideraram relevantes para o tema. A informação foi analisada criticamente, de forma a elaborar uma revisão de artigos. Resultados: Após a recolha de informação, constatou-se que os enxertos de pele total são frequentemente usados para reconstruções de defeitos faciais. Fornecem uma boa concordância na coloração, textura e espessura e a retração é mínima. São especialmente úteis na reparação de defeitos da asa nasal, sendo muito eficazes do ponto de vista funcional e estético. Também podem ser aplicados nas pálpebras com excelentes resultados, devido à menor retração, apesar do risco de discromia estar sempre presente. Os enxertos de pele parcial são preferíveis em áreas de maiores dimensões, por possuírem baixas exigências metabólicas. As úlceras crónicas dos membros inferiores são uma das suas grandes aplicações. Estes enxertos apresentam as vantagens de resistirem a condições em que há compromisso na vascularização e de consistirem numa técnica relativamente fácil. No entanto, apresentam uma alta probabilidade de discromia e, por isso, não são indicados em regiões muito expostas. Os enxertos compostos são uma opção para defeitos com características tridimensionais. Os enxertos condrocutâneos podem ser aplicados em zonas que requerem uma estrutura rígida, como a asa do nariz, e os enxertos compostos por pele e tecido subcutâneo representam uma boa alternativa aos enxertos de pele total em defeitos de pequenas dimensões da face. Os enxertos biológicos têm vindo a ser cada vez mais aplicados na prática clínica e discute-se a importância do seu desenvolvimento no futuro, sobretudo para aplicação em úlceras crónicas. Em muitas situações, o tratamento ideal envolve a combinação de mais do que um método. Conclusão: Apesar das regras básicas de aplicação de enxertos não se terem modificado muito ao longo do tempo, o desenvolvimento de novas técnicas e o estudo de variadas aplicações contribuíram para que esta área expandisse de forma significativa. O número de reconstruções através de enxertos continuará a crescer. Por isso, é necessário que a investigação prossiga, de forma a ultrapassar as atuais limitações e os novos desafios, que vão surgindo.
Introduction: Skin grafts are defined as skin transplanted from one part of the body to another. Grafting remains a versatile and dynamic method when other repair options are not desirable. It is considered one of the most indispensable techniques in Dermatologic Surgery. Skin grafts are used in a variety of clinical situations but their main indication is to repair the defects after oncologic resection. As the incidence of skin cancer continues to rise, a thorough understanding of skin grafting techniques and the different applications of every type of graft is invaluable for a good surgical practice. Materials and Methods: This work summarizes the current clinical applications of skin grafts in Dermatologic Surgery based upon the selection and review of scientific articles published in PubMed, Medscape, SciELO and UpToDate as well as some relevant medical textbooks. A critical analysis of the information was performed in order to elaborate a review article. Results: A number of studies indicate that full-thickness skin grafts are frequently used in facial reconstructions. They provide a good matching of color, texture and thickness and undergo minimal retraction. These grafts are particularly suited for repairing defects on the nasal ala as they contribute to improved functional and aesthetic results. They can also be applied to the eyelid with excellent results but the risk of color mismatching is always present. Split-thickness skin grafts are preferred in large areas as they have reduced metabolic requirements. Chronic leg ulcers are one of their major applications. These grafts offer better survival characteristics and are simple to perform. However, since hypo or hyperpigmentation may occur in the recipient bed sites, split-thickness skin grafts are less recommended for the exposed areas. Composite grafts are very often used when the defects have tridimensional features. Chondrocutaneous grafts may be applied to the nasal ala as this area needs a rigid support. Skin-fat composite grafts represent a good alternative to full-thickness skin grafts for reconstruction of small full-thickness facial skin defects. The use of biologic grafts has increased and their development in the future has been widely discussed, particularly in chronic ulcers. In several situations, a combination of various methods should be considered. Conclusion: Although the basic rules of grafting have not been modified in years, the improvement of new techniques and the study of different applications have contributed to the significant expansion of this area. The number of skin grafting reconstructions will continue to grow. Therefore, it is important that the future research agenda will be able to overcome limitations and tackle future challenges.
Description: Trabalho final de mestrado integrado em Medicina (Dermatologia), apresentado à Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra.
URI: http://hdl.handle.net/10316/30627
Rights: openAccess
Appears in Collections:FMUC Medicina - Teses de Mestrado

Show full item record

Page view(s) 1

2,606
checked on Sep 21, 2021

Download(s) 10

2,951
checked on Sep 21, 2021

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.