Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/30472
Title: Adequação do pedido de d-dímeros no contexto do serviço de urgência
Authors: Fernandes, Raquel Bento Daniel Lopes 
Orientador: Carvalho, Armando
Simão, Adélia
Keywords: D-dímeros; Embolia Pulmonar; Modelo de Predição Clínica; Diagnóstico; Serviço de Urgência
Issue Date: 2015
Abstract: O doseamento dos D-dímeros é um método complementar de diagnóstico validado para a exclusão de tromboembolismo venoso quando o índice de suspeita deste diagnóstico é baixo. Partindo de uma análise retrospetiva este estudo avaliou o impacte do doseamento dos Ddímeros na prática clínica do Serviço de Urgência. Foram recolhidos dados de 200 relatórios de episódio de urgência envolvendo doentes a quem foi solicitada a determinação dos Ddímeros. Constatou-se que 63% dos doentes apresentaram valores dos D-dímeros dentro do intervalo de referência (≤ 0,6 μg/mL UEF) e foi diagnosticada embolia pulmonar a quatro doentes (2%). Observou-se que a pontuação da Revised Geneva score não foi registada nos relatórios de episódio de urgência e a pontuação da Wells rule surgiu em dois relatórios. A aplicação de sistemas de probabilidade pré-teste permitiu constatar que mais de metade dos doentes não apresentou qualquer das características clínicas pontuáveis por Revised Geneva score e em 29% dos doentes não foram identificados quaisquer fatores de risco para o desenvolvimento de embolia pulmonar. Foi requerida angiografia torácica por tomografia computorizada a 20% dos doentes que apresentaram D-dímeros acima do intervalo de referência. Assim, concluiu-se que a atual abordagem diagnóstica é ineficiente, uma vez que a requisição do doseamento dos D-dímeros não teve em conta o grau de probabilidade de embolia pulmonar e o resultado do seu doseamento apresentou escassa utilidade no subsequente estudo. Reforça-se a necessidade de aumentar a atenção proporcionada à clínica e aos sistemas de probabilidade pré-teste na avaliação inicial dos doentes e na decisão acerca dos exames complementares, designadamente o doseamento dos D-dímeros.
Negative D-dimer values are validated for ruling out pulmonary embolism when the index of suspicion of this diagnosis is low. The aim of this study was to clarify the impact of D-dimer testing in clinical practice in emergency services. We retrospectively analyzed 200 reports of patients’ urgency episodes, who were admitted to the emergency service and who had Ddimers test ordered. Results showed that 63% of these patients exhibited values within the reference (≤ 0,6 μg/mL FEU). Pulmonary embolism was diagnosed in four patients (2%). Revised Geneva score was not reported in urgency episodes and Wells rule was recorded in only two cases. Inferring the score assigned to each patient through Revised Geneva score, we found that half of the patients showed a zero score. In 29% of the patients no risk factors for pulmonary embolism were identified. Computed tomography angiographies were requested for only 20% of the patients who had D-dimer above the reference range. We concluded that the current approach to diagnosing pulmonary embolism is inefficient, considering that the determination of D-dimer does not take into account the degree of probability of pulmonary embolism and the result of this determination has limited use in the subsequent study. As such, this work reinforces the need to increase the attention provided to the clinical manifestations and to pretest probability systems during patients’ initial assessment as well as regarding complementary diagnostic tests, namely D-dimer testing.
Description: Trabalho final de mestrado integrado em Medicina, apresentado à Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra.
URI: http://hdl.handle.net/10316/30472
Rights: openAccess
Appears in Collections:FMUC Medicina - Teses de Mestrado
UC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
Tese Finalissima.pdf737.1 kBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s) 50

414
checked on Sep 28, 2022

Download(s) 10

2,043
checked on Sep 28, 2022

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.