Title: Estudo multidimensional do jogador de rugby union na transição dos escalões de formação para os seniores : variação associada à posição (conquista, manobradores e finalizadores)
Authors: Mateus, João Francisco Jacob 
Keywords: Râguebi;Antropometria
Issue Date: 2015
Citation: MATEUS, João Francisco Jacob - Estudo multidimensional do jogador de Rugby Union na transição dos escalões de formação para os seniores : variação associada à posição (conquista, manobradores e finalizadores). Coimbra : [s.n.], 2015. Dissertação de mestrado. Disponível na WWW em: <http://hdl.handle.net/10316/30244>.
Abstract: O presente estudo tem como objetivo a comparação entre os três grupos posicionais de rugby, Unidade de Conquista, Unidade de Manobradores e Unidade de Finalizadores. Foram avaliados 53 jovens jogadores masculinos, (16.0–20.7 anos, 2–13 épocas de experiência desportiva, 177.4±6.7cm e 81.7±13.1kg). A bateria de testes utilizada compreende medidas antropométricas relativas ao tamanho corporal, volumetria da coxa estimada e pletismografia de ar deslocado para estimar a composição corporal. Os testes de terreno foram compostos saltos com e sem contramovimento, 12 sprints de 20 metros e 7 sprints de 35 metros. No laboratório as provas realizadas passaram pela prova de Wingate, protocolo de Força-Velocidade, dinamometria manual e dinamometria isocinética dos músculos extensores e flexores do joelho. Foram também aplicados os questionários de Orientação para a Realização de Objetivos (TEOSQ) e o de Inventário de Habilidades Táticas (TACSIS). Ao comparar os grupos, a unidade de conquista é a mais pesada, tem maior volume corporal, maior valor e percentagem de massa gorda (p<0.01) e maior volume da coxa (p=0.04). A unidade de finalizadores mostrou-se superior na dinamometria manual quando relacionada com a massa corporal (p<0.02). Os manobradores superiorizaram-se no momento de força máxima dos flexores do joelho a 60ºs-1 e nos extensores do joelho a 180ºs-1 (p=0.04). Este mesmo grupo também obteve melhores resultados no tempo total dos 12 sprints (p<0.02), ideal (p<0.01) e no tempo total dos 7 sprints (p<0.03). A carga com que a prova de Wingate foi realizada foi superior na unidade de conquista (p<0.01) mas a unidade dos manobradores obteve melhores resultados de potência média (p<0.04). Finalmente no questionário TACSIS os manobradores obtiveram melhores resultados na dimensão de posicionamento e decisão (p<0.02) e conhecimento das ações do adversário (p=0.03). Em suma, os manobradores têm-se evidenciado como a unidade com as melhores capacidades físicas e com o conhecimento de jogo necessário para poder por em prática todo esse potencial físico. Palavras-chave: composição corporal, força-velocidade, wingate, dinamómetro isocinético, força, habilidades táticas. vi ABSTRACT The purpose of the current study was to compare the three rugby positional groups, Conquest Unit, Maneuverers Unit and Finishers Unit. The sample comprises 53 young rugby players, males, (16.0–20.7 years, 2–13 seasons of sporting practice, 177.4±6.7cm and 81.7±13.1kg). Anthropometry includes body size, estimated thigh volume and air displacement plethysmography. Field tests involve jumps with and without countermovement, 20 meters 12-sprints and 7x35 meters. Rugby players were also assed in Wingate anaerobic test, Force-velocity test, handgrip and lower dominant limb isokinetic strength: knee flexion and extension. Task and Ego Orientation in Sport (TEOSQ) and the Tactical Skill Inventory for Sport (TACSIS) questionnaires were filled it up. When compared, the Conquest unit were heavier, had more body volume, presented higher percentage of fat mass (p<0.01) and thigh volume (p=0.04). Finishers unit players obtained better handgrip performance when related to body mass (p<0.02). Maneuverers distinguish from their counter-peers at the moment of maximum strength in knee flexion at 60ºs-1 and knee extension at 180ºs-1 (p=0.04), and also attained better results in the total time of the 12 sprints (p<0.02), ideal time (p<0.01) and total time of the 7 sprints (p<0.03). Conquest unit achieved superior absolute load at Wingate anaerobic test (p<0.01) however when mean power outputs were analyzed Maneuverers unit attained better results (p<0.04). Finally, in the TACSIS questionnaire Maneuverers distinguish in the positioning and decision dimension (p<0.02) and knowledge of the opponent's actions (p=0.03). In sum, in our study Maneuverers seemed to be team engine with best physical abilities, test performance and game knowledge.
Description: Dissertação de mestrado em Treino Desportivo para Crianças e Jovens, apresentada à Faculdade de Ciências do Desporto e Educação Física da Universidade de Coimbra
URI: http://hdl.handle.net/10316/30244
Rights: openAccess
Appears in Collections:FCDEF - Teses de Mestrado

Show full item record
Google ScholarTM
Check
Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.