Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/30217
Title: Revisão científica da abordagem terapêutica do acne
Authors: Pereira, João Nuno dos Santos Reis 
Orientador: Gonçalo, Margarida Martins
Keywords: Terapêutica; Acne
Issue Date: 2015
Abstract: A acne é uma doença inflamatória crónica da pele, com uma prevalência extremamente alta na população em geral, especialmente em adolescentes e adultos jovens. Os alvos terapêuticos centram-se nos quatro principais factores envolvidos na etiopatogénese da acne: aumento da produção de sebo, hiperqueratinização, colonização por Propionibacterium acnes, e a reacção inflamatória resultante. Os objectivos do tratamento incluem a resolução das lesões, a prevenção de cicatrizes e a redução da morbilidade psicológica. A classificação da acne com base no tipo e na gravidade das lesões pode ajudar a orientar o tratamento. Os retinóides tópicos são eficazes no tratamento de lesões inflamatórias e não-inflamatórias, reduzindo o número de comedões existentes, prevenindo a comedogénese e diminuindo a inflamação. O peróxido de benzóilo é um agente bactericida reconhecido por não desencadear resistências bacterianas. Por outro lado, o aumento da resistência do Propionibacterium acnes aos antibióticos tem restringido o seu uso em monoterapia. Os retinóides tópicos constituem quase sempre uma opção a ter em conta em qualquer forma de apresentação da acne. A isotretinoína oral é uma opção efectiva no tratamento das formas graves de acne. No entanto, uma vez que é um fármaco com vários efeitos colaterais importantes, algumas precauções devem ser tomadas antes, durante e após o tratamento. Não há evidências suficientes para recomendar o uso da fototerapia. Depois de atingidos os objectivos terapêuticos iniciais, a terapia de manutenção deve ser iniciada
Acne is a chronic inflammatory skin disease, with a extremely high prevalence in general population, especially in adolescents and young adults. Therapy targets the four factors responsible for lesion formation: increased sebum production, 5 hyperkeratinization, colonization by Propionibacterium acnes, and the resultant inflammatory reaction. Treatment goals include resolution of lesions, scar prevention and reduction of psychological morbidity. Grading acne based on lesion type and severity can help guide treatment. Topical retinoids are effective in treating inflammatory and noninflammatory lesions by reducing existing comedones, preventing comedogenesis, and targeting inflammation. Benzoyl peroxide is an over-the-counter bactericidal agent that does not lead to bacterial resistance. On the other hand, the increasing resistance of P. acnes to antibiotics has recently restricted its use in monotherapy. The topical retinoids are almost always an option to consider in any form of acne presentation. Oral isotretinoin is approved for the treatment of severe forms of acne. However, since it is a drug with significant side effects, some precautions must be taken before, during and after treatment. There is insufficient evidence to recommend the use of laser and light therapies. After treatment goals are reached, maintenance therapy should be initiated.
Description: Trabalho final de mestrado integrado em Medicina (Dermatologia), apresentado á Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra
URI: http://hdl.handle.net/10316/30217
Rights: embargoedAccess
Appears in Collections:FMUC Medicina - Teses de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
Tese JN.pdf894.16 kBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s) 5

1,774
checked on Sep 17, 2020

Download(s) 20

1,083
checked on Sep 17, 2020

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.