Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/30215
Title: Sexualidade e o idoso
Authors: Mota, Jóni Alexandre Custódio 
Orientador: Veríssimo, Manuel Teixeira
Keywords: Idoso; Sexo
Issue Date: 2015
Abstract: A sexualidade é uma prática complexa que depende do desejo e da normalidade de vários fatores, tais como físicos, psicológicos e socioculturais. Esta é capaz de influenciar a qualidade de vida dos idosos, e por isto deve ser um ponto a ter em conta quando se fala de saúde. Com a atual tendência do país para o envelhecimento populacional, este deve ser cada vez mais um problema a abordar, pois é a qualidade de vida dos idosos que está em causa. Para que se possa preconizar uma resposta adequada a esta problemática, é necessário que os profissionais de saúde conheçam mais e melhor a sexualidade do idoso, e saibam quais os problemas principais que a podem afetar a fim de os poderem abordar da melhor forma. Desta forma este trabalho procura demonstrar, através de uma revisão bibliográfica, quais os principais fatores que condicionam a prática sexual no idoso, de forma a dá-los a conhecer aos profissionais de saúde com o objetivo de simplificar a abordagem por parte destes. O envelhecimento é acompanhado de diminuição da atividade sexual, esse declínio está mais dependente de alterações fisiológicas e a consequente alteração da condição e aparência física, alterações psicológicas e patológicas, e não tão relacionada com o processo de envelhecimento. Socialmente o sexo no idoso é visto como algo anormal e inconveniente. Os fatores socioculturais acabam muitas vezes por influenciar a perceção das próprias necessidades dos idosos, e isso é capaz de afetar a sua sexualidade. As patologias prejudicam o desempenho sexual, e por isto devem ser tratadas, não descorando que existe muitos medicamentes que prejudicam de igual forma a função sexual. A sexualidade é um tema de difícil abordagem para os profissionais de saúde e para os doentes. Normalmente esta é uma questão pouco explorada em consulta, devendo os profissionais de saúde adotar técnicas para melhorarem este tipo de abordagem. A sexualidade relacionada com o idoso é um tema de importância extrema, e que carece de mais estudos e discussão. Os profissionais devem encarar este tema como uma prioridade e tratar tudo o que a prejudique.
Sexuality is a complex practice that depends on the desire and the normality of many factors, such as physical, psychological and sociocultural. This can influence the quality of life of older people, and this must be a point to consider when health is the goal. With the current trend of the country to the aging population, this should be increasingly a problem to be addressed, it is the quality of life of the elderly is concerned. In order to advocate an adequate response to this issue, it is necessary that health professionals know more and better sexuality of the elderly, and know what the main problems that can affect to treat them in the best way they can. Thus this work seeks to demonstrate, through a literature review, the main factors that influence the sexual practice in the elderly, in order to give them to know to health professionals in order to simplify the approach by them. Aging is accompanied by decreased sexual activity, this decline is more dependent on physiological changes and the consequent amendment of the condition and physical appearance, psychological and pathological changes, and not so related to the aging process. Socially sex in the elderly is seen as something abnormal and inconvenient. Sociocultural factors are capable of influencing the perception of own needs of the elderly, and this can affect your sexuality. The diseases affect sexual performance, and therefore should be treated, not bleaching there are many drugs that can impair equally sexual function. Sexuality is a difficult subject to approach by health professionals and patients. Normally this is a matter little explored in office visit, so the health professionals should seek and adopt techniques to improve this approach. Sexuality related to the elderly is an extremely important issue, and needs further studies and discussion. Providers should look this issue as a priority and treat all the problems that affect the sexuality
Description: Trabalho final de mestrado integrado em medicina (Geriatria), apresentado á Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra
URI: http://hdl.handle.net/10316/30215
Rights: embargoedAccess
Appears in Collections:FMUC Medicina - Teses de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
TESE SEXUALIDADE E O IDOSO.pdf350.42 kBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s) 5

1,830
checked on Oct 26, 2021

Download(s) 10

1,819
checked on Oct 26, 2021

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.