Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/30153
Title: Conversão de pesquisa em compras online na utilização de smartphones
Authors: Gonçalves, João Pedro Monteiro 
Orientador: Coelho, Arnaldo Fernandes de Matos
Keywords: Comportamento do consumidor; M-commerce; Hábitos de uso de smartphone; Modelo de aceitação de tecnologia; Hábitos de compra online
Issue Date: 22-Sep-2015
Publisher: FEUC
Citation: Gonçalves, João Pedro Monteiro - Conversão de pesquisa em compras online na utilização de smartphones, 2015.
Abstract: Hoje em dia rodeamo-nos de tecnologia. Fazemo-lo porque a vemos como útil. Um dos objetos mais comuns da história moderna é o smartphone. Contudo, não o usamos em tudo o que fazemos. O aspecto em que esta investigação académica cai é, especificamente, a falta de hábitos de compra online em smartphones. De acordo com vários relatórios, nós, consumidores, usamos os smartphones para navegar na web, para consumir informação. Contudo, não usamos este tipo de dispositivos para comprar artigos tangíveis na internet. Os relatórios mostram ainda que, na hora de efectuar o pagamento, os consumidores dirigem-se até aos seus computadores por forma a finalizar o processo de compra. Num mundo em que a maior parte das aplicações móveis e desenvolvimento web tende a criar uma experiência feita à medida das limitações físicas de um smartphone, é difícil perceber a alteração do comportamento no acto da compra. Hoje em dia, um grande número de empresas preocupa-se em construir uma experiência sólida de navegação através dos seus sites para smartphones e tablets, sendo que este são, muito provavelmente, as plataformas usadas para os consumidores consumirem informação sobre os produtos e serviços de uma empresa. Existe um investimento considerável a ser feito para tornar os smartphones um dispositivo passível de ser usado para tudo o que fazemos num computador, mas os dados apontam para uma resistência de alteração de hábitos para este tipo de dispositivos. Através do uso de um questionário, tentámos perceber o que motiva o consumidor a não usar smartphones para comprar produtos online e o que leva o consumidor a dirigir-se para o seu computador. Os dados extraídos do questionário foram testados com um modelo modificado da TAM3, possibilitando uma alteração de contexto de e-commerce para um contexto de m-commerce com vários dispositivos diferentes disponíveis. Para estudar os dados, foram ainda usadas variáveis sócio-demográficas e de posse de dispositivos. A análise dos dados mostra que o uso de smartphones para efectuar compras online é determinado pela Utilidade Percecionada e Risco Percecionado, onde a Utilidade Percecionada é determinada pela Norma Subjetiva, Relevância no Local de Trabalho e Qualidade de Output. A Relevância no Local de Trabalho é ainda determinada pela Qualidade de Output. Os resultados mostram que existe um valor threshold para o qual a frequência de compras online é superior. Pessoas que detenham ecrãs maiores que 13 polegadas efectuam, em média, mais 84% de compras online por ano do que as pessoas que tenham ecrãs mais pequenos. Finalizamos enquadrando a importância deste estudo para o contexto académico e explicitando os passos que se seguem na investigação académica por forma a melhor compreender como é que a tecnologia moderna, especialmente os smartphones, criam e mantêm a nossa relação com empresas, marcas e mercados.
Description: Dissertação de mestrado em Marketing, apresentada à Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra, sob a orientação de Arnaldo Fernandes Matos Coelho.
URI: http://hdl.handle.net/10316/30153
Rights: openAccess
Appears in Collections:FEUC- Teses de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
Tese Joao Goncalves.pdf13.21 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s) 50

400
checked on Dec 2, 2020

Download(s) 10

1,790
checked on Dec 2, 2020

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.