Title: AS TIC E A COMUNICAÇÃO ORGANIZACIONAL PÚBLICA: ESTUDO DE CASO NO INSTITUTO FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL
Authors: De Angelis, Felipe 
Keywords: Comunicação organizacional;TIC;Comunicação pública;Mídias sociais
Issue Date: 7-Oct-2015
Abstract: Esta dissertação de mestrado tem por objetivo compreender como o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul (IFRS) utiliza as Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC), em especial as mídias sociais, para se comunicar e se relacionar com os seus públicos. Para alcançar o objetivo proposto, o trabalho foi dividido em duas partes, sendo a primeira parte referente à revisão da literatura pertinente ao tema e a segunda parte à pesquisa empírica de um estudo de caso. Neste sentido, o referencial teórico aborda a sociedade em rede a partir das TIC e da Internet, discute as organizações do século XXI, percorre as temáticas da inclusão digital e do governo eletrônico e debate o conceito de comunicação organizacional, relembrando suas origens, a sua importância para as organizações e as suas aplicações. Para a realização da parte prática lançou-se mão de uma pesquisa de caráter misto. Na etapa quantitativa, realizada no campus Porto Alegre do IFRS, por meio de 714 respostas ao questionário eletrônico, identificamos a percepção de alunos, servidores e stakeholders externos sobre o uso das mídias sociais pelo IFRS. Já na parte qualitativa, através da análise de conteúdo das entrevistas produzidas com a reitora e a diretora de comunicação da organização, percebemos a visão da gestão acerca da comunicação e gestão estratégicas; comunicação pública e transparência; mídias e redes sociais; TIC e governo eletrônico. Conclui-se que, de uma forma geral, o IFRS adota os sites de redes sociais para se comunicar com seus públicos, porém se percebe que há um considerável potencial de crescimento a ser aproveitado. Além disso, verifica-se que a comunicação organizacional, ainda que participe do planejamento das ações da instituição, está alijada dos comitês executivos de gestão, o que compromete o caráter estratégico do setor. Por fim, constata-se que há espaço para aprofundar a temática do governo eletrônico na organização, radicalizando na transparência e possibilitando aos cidadãos maior opção de canais de participação.
URI: http://hdl.handle.net/10316/29668
Rights: openAccess
Appears in Collections:FLUC Secção de Comunicação - Teses de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
disertamestrado_071015_felipedeangelis.pdf3.84 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record
Google ScholarTM
Check
Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.