Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/29043
Title: Cipião o Africano e a Reinvenção do Exército Romano
Authors: Santos, Paulo da Nazaré Marques dos 
Orientador: Monteiro, João Manuel Filipe de Gouveia
Keywords: História Militar Antiga; História
Issue Date: 22-Jul-2015
Serial title, monograph or event: História Militar Antiga
Abstract: O nome de Cipião ‘o Africano’ ergue-se como uma verdadeira luminária no universo da chefia militar dos exércitos da República romana. A sua competência enquanto general, quer no domínio da estratégia, quer nas suas realizações táticas, não encontra paralelo no que sabemos sobre o que foram os desempenhos militares dos grandes comandantes romanos. Cipião toma conta dos destinos militares de Roma durante a II Guerra Púnica, num contexto particularmente difícil, mas com a sua extraordinária visão estratégica e tática, vai conseguir mudar radicalmente o funesto destino que parecia então estar reservado à Urbe. Inicia um colossal conjunto de campanhas ousadas, com opções militares corajosas e inovadoras, numa programação detalhada de cada batalha, mostrando-nos uma capacidade de observação do inimigo e uma compreensão do potencial da legião que, estamos em crer, não terá sido atingida por nenhum outro comandante, nem antes nem depois. É surpreendente como Cipião consegue reutilizar e reinventar o potencial das suas legiões, aproveitando todos os recursos que o pragmatismo da sua fecunda imaginação lhe vai inspirando. Fatores como o seu magistral sentido de oportunidade, como a velocidade, o aproveitamento detalhado das condições atmosféricas ou do terreno, a surpresa, a utilização inovadora da constituição da estrutura manipular da legião, a dissimulação e a tentativa de ludibriar o adversário, as subtis e rápidas manobras de envolvimento, a forte manipulação psicológica dos seus homens e da moral do inimigo, vão ser apenas algumas das características mais marcantes das campanhas deste genial comandante.
The name of Scipio ‘the African’ rises like a true luminar in the universe of the military leadership of the roman republic armies. His mastery as a general, either in the strategic domain or in his tactical achievements, doesn't have any parallel with what we know about the military performances of the great roman generals. Scipio determines Rome´s military destiny during the Second Punic War, in a very difficult context, but with his own extraordinary strategic and tactical vision, he will be able to radically change the ominous destiny which seems to be reserved for the Urbe. He starts a colossal set of bold campaigns with brave and innovating military options and a comprehensive outlining of each battle, showing an ability in observing the enemy and an understanding of the legion´s capability which, we believe, were not achieved by any other commander, neither before nor after. It's surprising how Scipio attains to reutilize and reinvent the potential of his legions, availing himself of all the means that the pragmatism of his prolific imagination inspires. Aspects like his own masterly sense of opportunity, speediness, the detailed appraisement of the weather or terrain conditions, the element of surprise, the innovating use of the manipular constitution of the legion, dissimulation and the attempt to deceive the adversary, the subtle and fast encirclement maneuvers, as well as the strong psychological manipulation of his own men and the enemy´s morale are only a few of the most impressive campaign characteristics of this genius commander.
Description: Dissertação de mestrado em História Militar Antiga apresentada ao Departamento de História, Estudos Europeus, Arqueologia e Artes da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra
URI: http://hdl.handle.net/10316/29043
Rights: openAccess
Appears in Collections:FLUC Secção de História - Teses de Mestrado

Show full item record

Page view(s) 20

578
checked on Sep 21, 2020

Download(s) 10

1,536
checked on Sep 21, 2020

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.