DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorMartins, Raul Agostinho Simões-
dc.contributor.advisorFett, Waléria Christiane Rezende-
dc.contributor.authorOcampos, Jucineia da Conceição e Silva-
dc.date.accessioned2015-04-24T11:00:21Z-
dc.date.available2015-04-24T11:00:21Z-
dc.date.issued2014-
dc.identifier.citationOcampos, J.C.S. (2014). Gestão de custos com medicamentos, aptidão física e qualidade de vida: estudo comparativo entre níveis de escolaridade e de atividade física em idosos institucionalizados de Cuiabá, Mato Grosso - Brasil. Dissertação de Mestrado, Faculdade de Ciências do Desporto e Educação Física da Universidade de Coimbra, Coimbra, Portugal.por
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10316/28663-
dc.descriptionDissertação de mestrado em Ciências do Desporto (Atividade Física em Contexto Escolar) apresentada à Faculdade de Ciências do Desporto e Educação Física da Universidade de Coimbrapor
dc.description.abstractO presente estudo teve por objetivo analisar se a hidroginástica pode ser assumida como um instrumento de gestão no custo com medicamentos consumidos, na saúde, na aptidão física funcional, na qualidade de vida e nos estados de humor de idosos institucionalizados, com idade igual ou superior a 65 anos. Foi também verificada a influência dos níveis de escolaridade nas variáveis referidas. Participaram 54 idosos da cidade de Cuiabá/MT, de ambos os sexos, distribuídos por um grupo de hidroginástica (GE; N=40), organizado e planejado, existente há mais de um ano e por um grupo de controlo que não pratica exercício físico (GI; N=14). Preencheram questionários caracterizadores da qualidade de vida relacionada com a saúde e de estados de humor; foram efetuadas determinações antropométricas, avaliada a aptidão física funcional, a frequência cardíaca e a pressão arterial; foram feitas colheitas sanguíneas e registados os custos com medicamentos. Constatou-se uma predominância de mulheres idosas, brancas, viúvas, com ensino primário, com sobrepeso e que não fazem uso de tabaco e bebida alcoólica. Os praticantes de hidroginástica apresentaram melhores performances na aptidão física funcional, apesar de consumir mais medicamentos e apresentarem níveis elevados nas variáveis sanguíneas. Manifestaram melhor qualidade de vida relacionada com a saúde, menores limitações na realização das suas atividades do seu dia-a-dia, e estados de humor mais positivos. Valores elevados nestas variáveis associaram-se a maiores custos com o consumo de medicamentos. Conclui-se que o programa de hidroginástica devidamente planejada e bem orientada contribui para a melhoria da qualidade de vida dos idosos, tornando-se imprescindível estabelecer ações norteadoras das políticas públicas para promover e manter o envelhecimento ativo, saudável e com melhor qualidade de vida. ABSTRACT The present study aimed to analyze if the hidrogymnastic can be assumed as a management instrument in the cost of medicines consumed, in health, functional fitness, quality of life and mood states of institutionalized elderly, aged 65 years or more. It was also verified the influence of schoolar levels in the variables referred. Participated 54 older adults from the Cuiabá MT city of both sexes, distributed by a group of hidrogymnastic (GE; N=40), existing for over a year and a control group that does not practice physical exercise (GI; N=14). All participants filled out questionnaires characterizing the quality of life related to health and moods; anthropometric measurements were performed, evaluated the functional fitness, heart rate and blood pressure; blood samples were taken and recorded the cost of medicines. There was a predominance of older white women, widows, with elementary school, obese and that don't make use of tobacco and alcohol. Water aerobics practitioners showed best results in functional fitness, despite consuming more medicines and present high levels in blood variables. Have better quality of life, lower health-related limitations in carrying out the activities of daily life, and more positive moods. High values in these variables associated to increased drug consumption. It was concluded that the hidrogymnastic program properly planned and well oriented contributes to improving the quality of life of the elderly, making it essential to establish guiding actions of public policies to promote and maintain active, healthy ageing and with better quality of life.por
dc.language.isoporpor
dc.rightsopenAccesspor
dc.subjectMedicamentos--custospor
dc.subjectEscolaridade--idosos--Brasilpor
dc.subjectIdosos--Brasil--Mato Grosso--Cuiabápor
dc.subjectAtividade físicapor
dc.subjectHidroginásticapor
dc.subjectQualidade de vidapor
dc.titleGestão de custos com medicamentos, aptidão física e qualidade de vida : estudo comparativo entre níveis de escolaridade e de atividade física em idosos institucionalizados de Cuiabá, Mato Grosso - Brasilpor
dc.typemasterThesispor
dc.peerreviewedYespor
dc.identifier.tid201340992-
item.fulltextCom Texto completo-
item.grantfulltextopen-
Appears in Collections:FCDEF - Teses de Mestrado
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DEFESA JUCINEIA PUBLICAÇAO 2.pdf2.87 MBAdobe PDFView/Open
Show simple item record
Google ScholarTM
Check
Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.