Title: Jornalismo em Crise...
Authors: Vargas, Joana Isabel Lopes 
Keywords: Jornalismo;Crise
Issue Date: 26-Feb-2015
Abstract: A crise económica e financeira que tem vindo a afetar a Europa e que se tornou tema central da agenda pública é, como já se verificou, um fenómeno transversal à maioria dos setores de atividade. É importante ter este fator em conta no presente trabalho pois ele também pretende refletir sobre a forma como o contexto de crise afetou um campo específico, o campo jornalístico, ou tornou mais evidentes os seus problemas pois como se perceberá a crise jornalística é bem mais longa do que qualquer crise económica a que já nos habituámos ouvir falar. No entanto por se constituir num setor estratégico da sociedade, o campo jornalístico tem vindo a ser tema de discussão no plano teórico, pois estando inserido no sistema mediático acabou por sofrer um conjunto de consequências por força das profundas transformações que nele ocorreram nesta passagem do século, desde logo pela alteração de poder , que pertenceu exclusivamente aos média durante muito tempo e que, mais tarde, foi transferido para as grandes empresas de comunicação, ou os chamados conglomerados de média. É também dentro deste contexto que se perceberão as muitas crises que a atividade jornalística enfrenta: no acesso à profissão, das rotinas diárias nas redações e na falta de autonomia, nos problemas na própria organização profissional e, entre outros, nos desafios trazidos pelo novo paradigma tecnológico. Estas são questões sobre as quais o trabalho se debruça na medida em que a atividade jornalística representa, por si só, um dos alicerces da constituição do ideal democrático. Neste sentido, se o jornalismo se encontra em crise, é urgente perceber de que forma isso afeta o ideal democrático, e se já o fez, é urgente entender em que circunstâncias, sendo que, naturalmente importará referir se esse ideal é defendido ou relegado para segundo plano, bem como qual a forma como é construído nos discursos jornalísticos. Tendo em conta que a crise que afetou o setor se propagou um pouco por toda a Europa pretende-se também fazer uma breve análise dos serviços públicos de media cuja função é proporcionar um conjunto de conteúdos diversificados a fim de apresentar uma oferta plural que vá ao encontro das necessidades dos cidadãos, e com os quais um serviço público de média terá mais vincado o dever da responsabilidade social. Este aspeto será abordado mais aprofundadamente no caso português cujo serviço público de rádio e televisão, RTP, tem vindo a atravessar sérias dificuldades nos últimos anos, tendo-se mais percetíveis de 2011 a esta parte, período em que Portugal se submeteu a um plano de ajuda externa, em que os avanços e recuos sobre a matéria por parte do Estado criaram um ambiente de instabilidade na empresa cujo futuro problemático que muitos lhe atribuíram é cada vez mais tempo presente. As linhas gerais do trabalho serão assim focadas na mudança de paradigma que ocorreu no campo dos média no inicio do novo século, período marcado pelo início de uma crise que abalou para além dos serviços públicos de média, aspeto já de si preocupante, sobretudo os alicerces de uma profissão que se quer forte, na sua função principal de informar com rigor e qualidade, mormente nos tempos em que hoje vivemos. Palavras chave: Jornalismo; Crise; Democracia; Serviço Perviço Público de Média
Abstract The economic and financial crisis that has been affecting Europe and that became the main topic on the public agenda is — as has already been found — a transversal condition to the majority of business sectors. It is important to bear such a factor in mind, for the present investigation, as the latter is also aimed at a reflection on the way the crisis context influenced a particular field — Journalism — or rather, rendered its problems more apparent, as one understands that the journalistic crisis is far longer than any of the crises we're already accustomed to hear about. Notwithstanding, as it constitutes a strategic field of Society, Journalism is being the subject of a theoretical debate because, being included in the media system, it ended up suffering a number of effects, by virtue of the profound changes it underwent by this turn of the century, starting with the power shift, from a long time strictly journalistic environment to the current big media companies domination, the so called media conglomerates. It is also within this context that one can understand the many crises that the journalistic activity faces: In acceding the profession, in the newsroom daily routines and lack of autonomy, in the very professional organization issues and, among still others, in the challenges introduced by the new technological paradigm. These are the subjects this investigation intends to address, as Journalism constitutes, by itself, one of the pillars of the pursuance of the democratic ideal. In this sense, if Journalism is at crisis, it is urgent to perceive how that affects the democratic ideal and, if that is already the case, to understand the circumstances, being clearly relevant to determine whether this ideal is being protected or relegated to the background, and how is it constructed, in journalistic discourses. Because the crisis that affected the field spread throughout Europe, a brief analysis of the public media services is also intended, the mission of the latter being to provide a range of diversified contents, presenting a plural provision that meets the needs of the people and having more pronounced social responsibility duties. This point will be more deeply addressed in the Portuguese case, whose radio and television public service company, RTP, has been undergoing serious difficulties in recent years, more perceived from 2011 onwards, period in which Portugal has been undergoing an external assistance program, with related State vacillations that created an atmosphere of instability in the company, whose troublesome future many predicted is increasingly becoming present tense. The guidelines for this work are directed to the paradigmatic shift occurred in the media field at the start of the new century, condition marking the birth of a crisis that shook, not only the public media services — already a worrying aspect — but mainly the foundations of a desirably tough career, in its main duty of informing with rigor and quality, especially in this times we live in. Keywords: Journalism; Crisis; Democracy; Public Service.
Description: Dissertação de Mestrado em Comunicação e Jornalismo apresentada à Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra
URI: http://hdl.handle.net/10316/28356
Rights: openAccess
Appears in Collections:FLUC Secção de Comunicação - Teses de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Jornalismo em Crise....pdf1.25 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record
Google ScholarTM
Check
Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.