Title: A Industrialização do Movimento Punk
Authors: Lemos, Paulo Bettencourt 
Keywords: Mighty Sounds;Punk;Música;Festivais de Verão;República Checa;Praga
Issue Date: 22-Jan-2015
Citation: LEMOS, Paulo Bettencourt - A industrialização do movimento Punk. Coimbra : [s.n.], 2014. Relatório de estágio.
Abstract: Embora o Punk tenha surgido em finais da década de 70 como uma contra-cultura revolucionária que se opôs aos valores sociais vigentes da sociedade inglesa, rapidamente a indústria absorveu este movimento social. A atual aceitação social da prévia rebeldia Punk deu-se através da sua comercialização, onde foi possível ao mainstream suavizar os seus aspetos mais agressivos popularizando assim agrupamentos musicais do género. A vulgarização do Punk ocorreu deste modo através da incorporação comercial da sua música e estética. Neste relatório de estágio reflete-se sobre o papel e a influência da indústria no Punk. Através de uma análise ao festival Mighty Sounds, compreenderemos como a comercialização desta tribo urbana tornou este fenómeno facilmente reconhecido a nível mundial e qual o impacto da indústria nos movimentos do underground, desconhecidos pelo grande público, e que se encontram fora dos mediatismos comerciais e noticiosos.
Description: Relatório de estágio em Comunicação e Jornalismo, apresentado ao Departamento de Informação, Comunicação e Filosofia da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra
URI: http://hdl.handle.net/10316/28102
Rights: openAccess
Appears in Collections:FLUC Secção de Comunicação - Teses de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Relatório de Estágio - Paulo Bettencourt Lemos.pdf2.11 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record
Google ScholarTM
Check
Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.