Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/27862
Title: Contextos funerários e estudo antropológico dos restos ósseos humanos dos hipogeus de Torre Velha 3 (São Salvador, Serpa): Uma aproximação ao estudo das comunidades humanas do Bronze do Sudoeste
Authors: Fidalgo, Daniel Filipe Ferreira 
Orientador: Silva, Ana Maria
Keywords: Bronze do Sudoeste; Bronze Médio; Baixo Alentejo; Antropologia Funerária; Paleobiologia; Paleopatologia; Evidências de uso dentário não-mastigatório
Issue Date: 2014
Place of publication or event: Coimbra
Abstract: O principal objectivo deste trabalho de investigação é aprofundar os dados conhecidos acerca das comunidades humanas que habitaram a região do Baixo Alentejo durante o Bronze Médio do Sudoeste (2070 – 1930 a.C. a 1170 – 1050 a.C.). Foi realizada uma análise da antropologia funerária e dos restos ósseos exumados de 21 dos 25 hipogeus registados em Torre Velha 3 (São Salvador, Serpa). Os restos ósseos humanos presentes nestas estruturas representam um total de 28 indivíduos, 22 adultos, 5 não adultos e 1 cuja análise foi inconclusiva. Incluem 19 inumações individuais, 2 duplas, 5 reduções e 2 contextos funerários inconclusivos. Todos os indivíduos exumados se encontravam depositados na câmara dos hipogeus em posição fetal, destacando-se a heterogenia na sua orientação. Em apenas um hipogeu, foi recuperado um esqueleto na zona da antecâmara. A manipulação dos restos ósseos pode ser sugerida em dois hipogeus, envolvendo sempre os crânios de esqueletos de não adultos: A ausência do crânio do enterramento não adulto do hipogeu [1712] – [1713] e os crânios dos não adultos do hipogeu [2471] – [2472] foram recuperados afastados dos seus esqueletos. A amostra analisada de indivíduos adultos é composta por 11 indivíduos do sexo feminino e 9 do sexo masculino (n=20). Os não adultos, incluem 3 indivíduos com uma idade à morte entre os 5 e os 9 anos, um entre os 10 – 14 anos e outro entre os 14-19 anos. O espólio funerário mostrou-se variável face ao sexo do indivíduo. Recipientes de cerâmica e punhais foram encontrados associados a inumações individuais do sexo feminino. As oferendas cárneas estão presentes em contextos funerários de indivíduos dos ambos os sexos. No âmbito da morfologia dentária, destaca-se a ausência de cúspides de Carabelli (0% n=13) e a alta frequência de duas raízes em caninos inferiores (16,7% n=18). Em geral, o padrão morfológico é semelhante às populações do Norte de África, Oeste Europeu e Norte Europeu. De forma preliminar, pode-se referir que existem algumas diferenças morfológicas dentárias entre os indivíduos do Neolítico/ Calcolítico e do Bronze Médio para o Sudoeste Peninsular. Porém enquanto não se aumentarem os dados recolhidos é prematuro inferências mais definitivas. Na análise morfológica, destacam-se nos indivíduos [2241] e [2007], do sexo feminino e masculino respectivamente, os achatamentos ântero-posteriores da clavícula mais ix acentuados que o normal, podendo tratar-se de uma variação anatómica ou estar relacionado com algum constrangimento biomecânico. Esta morfologia começa agora a ser registada em outras amostras da região com uma cronologia semelhante, nomeadamente em Monte do Vale do Ouro 2 e Ribeira de S. Domingos. Destaca-se ainda um outro caso, no indivíduo [2069] em que a cabeça femoral está a um nível muito próximo do grande trocânter. Semelhante a outros casos já registados para o Neolítico/Calcolítico Nacional, um possível diagnóstico trata-se de uma displasia do crescimento ósseo de origem genérica conhecida como hipocondroplasia. Outras patologias foram registadas, incluindo hiperostose porótica, artrose severa, osteocondrite dissecante, uma fractura e dois possíveis casos de carcinomas metastáticos. Por último, alguns indivíduos da amostra em estudo nesta investigação apresentam sinais de um desgaste atípico, em muitos casos coincidente com o possível uso parafuncional do sistema mastigatório. Em 52% dos indivíduos observáveis (n=25) foi registado pelo menos uma cárie de pequenas dimensões. Em alguns indivíduos foi ainda registado sinais de hipercementose na dentição posterior, cuja etiologia poderá estar relacionada com uma erosão dentária oclusal acentuada.
The major aim of this investigation is to contribute to the ongoing investigation related to the human populations that inhabited the region of Baixo Alentejo during the Middle Bronze Age of the Iberian Peninsula. The funerary anthropology and the exhumed human remains of 21 of the 25 hypogea unearthed in Torre Velha 3 (São Salvador, Serpa) were analysed. The human remains found in these structures represente a total of 28 individuals, 22 adults, 5 non adults and 1 whose analysis was inconclusive. These include 19 individual burials, 2 double burials, 5 reductions and 2 inconclusive funerary contexts. All the exhumed individuals were found in the main chamber of the hypogea in foetal position, and the orientation of the skeletons was very heterogeneous. Only in one hypogeum was a skeleton recovered in the antechamber. Manipulation of human remains can be suggested in two hypogea, always involving the skull of non-adults: in one hypogeum [1712] – [1713] a non-adult’s skull was absent and in the hypogeum [2471] – [2472] the skulls of two non-adults were found separated and far from the resto f their skeletons. The analysed adult sample is made upo f 11 female and 9 male individuals (n=20). Three non-adults with age at death ranging between 5 and 9 years old, one between 10 - 14 years old and another one between 14-19 years old were also recovered. The funerary offerings seem to change according to the sex the skeleton. Pottery and daggers were found among female individuals. Faunistic offering were presente among individuals of both genders. In terms of dental morphology, the absence of Carabelli cusps (0% n=13) and the high frequency of lower canines with two roots (16.7% n=18) stands out. In general, it seems that the morphological pattern of this sample is similar to the populations of Northern Africa, Western and Northern Europe. In a preliminary note, it was noted that there might be a possible dental morphological difference between the Neolithic/ Chalcolithic populations and the Middle Bronze populations in the South-western Iberia. However, more data is required for further inferences. Among the morphological analysis, the [2241] and [2007] skeletons, female and male respectively ,had a higher anterior-posterior flatness of the clavicle than expeted. This may be due to an anatomic variation or related to some biomechanic constraint. This morphologic variation is now beginning to be noted in other samples of the same region xi with the same chronology, namely Monte do Vale do Ouro 2 and Ribeira de S. Domingos. Another case stands out, this time in skeleton [2069], with angle of the femoral neck and head relatively low when compared to the greater trochanter. This case is similar to some other cases dated to the Neolithic/Chalcolithic of Portugal. One possible diagnostic is hypochondroplasia. Other pathologies were registered, such as porotic hyperostosis, severe arthrosis, osteochondritis dissecans, one fracture and two possible cases of metastatic carcinomas. Some individuals show signs of atypical dental wear, coincident with extramastigatory wear. In 52% of the skeletons studied (n=25) it was possible to score at least one carious lesions of small size. In some hypercementosis in the posterior teeth was recorded, which may be related to excessive occlusal dental wear.
Description: Dissertação de mestrado em Evolução e Biologia Humanas apresentada ao Departamento de Ciências da Vida da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra.
URI: http://hdl.handle.net/10316/27862
Rights: openAccess
Appears in Collections:I&D CIAS - Dissertações de Mestrado
FCTUC Ciências da Vida - Teses de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
Tese Daniel Fidalgo.pdf3.16 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s)

131
checked on Sep 17, 2019

Download(s) 10

1,123
checked on Sep 17, 2019

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.