Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/27679
Title: Incêndios urbanos : análise de ocorrências do centro urbano antigo de Coimbra : determinação do grau de risco para a mitigação
Authors: Gonçalves, Cátia 
Orientador: Cunha, Lúcio
Keywords: Incêndios urbanos; Análise de ocorrências; Centro urbano antigo de Coimbra; Grau de risco; Mitigação; Vulnerabilidade; Perigosidade; Análise do risco de incêndio
Issue Date: 30-Oct-2014
Abstract: A mitigação dos incêndios urbanos é tida como uma das acções prioritárias no âmbito dos processos de reabilitação e requalificação dos Centros Urbanos Antigos, daí a necessidade de fazer uma análise do risco de incêndio, tendo como foco, as ocorrências existentes numa determinada área num determinado período de tempo, densidade demográfica e do edificado, e o Grau de Risco ao nível dos arruamentos.
No âmbito deste trabalho de investigação, foi desenvolvida e aplicada uma metodologia que se baseou no histórico de ocorrências da Casa Municipal de Protecção Civil de Coimbra, nas características físicas, demográficas e socioeconómicas da área de estudo, no Decreto- Lei nº220/2008 de 12 de Novembro e na Portaria n.º 1532/2008, de 29 de Dezembro, que englobam as actuais disposições regulamentares de segurança contra incêndio aplicáveis a todos os edifícios, e numa análise simplificada do grau de risco de incêndio. Para este estudo, definiu-se uma área do Centro Urbano Antigo de Coimbra, que abrange parte das antigas freguesias de Santa Cruz, São Bartolomeu, Sé Nova e Almedina, agora englobadas na União de Freguesias de Coimbra.
Os núcleos urbanos antigos são áreas de elevado valor patrimonial, histórico, arquitetónico, cultural e afectivo, e que, por essa razão, necessitam de ser preservadas e valorizadas. Estes locais, assim como os edifícios que os constituem, apresentam particularidades que os distinguem dos núcleos urbanos recentes e que potenciam a deflagração e a propagação de incêndios, nomeadamente os materiais combustíveis que tradicionalmente compõem os elementos estruturais dos edifícios antigos, a elevada densidade de edifícios e as reduzidas distâncias que apresentam entre si, a partilha de parede mestra entre edifícios contíguos, a adaptação inadequada de edifícios para usos não habitacionais, a ocupação marginal, a proliferação de edifícios extremamente degradados ou devolutos, muitas vezes com elevadas cargas de material combustível no seu interior, e a existência de instalações eléctricas antigas, frequentemente improvisadas e inadequadas. Nunca descartando também, a responsabilidade do Ser Humano, que muitas vezes toma atitudes imponderadas, que levam ao advento de incêndios domésticos que poderiam ser evitados.
Mais do que apresentar uma análise dos incêndios urbanos no CUA de Coimbra, pretendesse desenvolver um estudo concreto com o intuito de determinar as zonas de maior risco, assim como dar sugestões para a sua mitigação e resolução de alguns problemas existentes.
Description: Dissertação de mestrado apresentada à elaborada no âmbito do Mestrado em Dinâmicas Sociais, Riscos Naturais e Tecnológicos. Formação base do autor: Geologia.
URI: http://hdl.handle.net/10316/27679
Rights: embargoedAccess
Appears in Collections:FLUC Geografia - Teses de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
Cátia Gonçalves Dissertação de Mestrado.pdf12.02 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s)

220
checked on Nov 24, 2021

Download(s) 50

366
checked on Nov 24, 2021

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.