Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/27650
Title: Ondas de calor e ondas de frio em Coimbra: impactes na mortalidade da população.
Authors: Mateus, Carla Patrícia Pedroso 
Orientador: Cunha, Lúcio
Nossa, Paulo
Keywords: Climatologia; Ondas de frio; Ondas de calor; Temperaturas extremas; Mortalidade; Coimbra; Vulnerabilidade; Heat waves; Cold waves; Vulnerability; Mortality
Issue Date: 21-Oct-2014
Citation: MATEUS, Carla Patrícia Pedroso - Ondas de calor e ondas de frio em Coimbra: impactes na mortalidade da população. Coimbra : [s.n.], 2014. Dissertação de Mestrado. Disponível na WWW: http://hdl.handle.net/10316/27650
Abstract: A temperatura do ar é dos elementos climáticos que mais condiciona as atividades humanas e os processos biológicos, ao nível do conforto e da saúde. A exposição a ondas de calor e a ondas de frio apresenta impactes na saúde e origina aumentos de mortalidade, dependendo da vulnerabilidade das populações expostas, bem como da duração, intensidade e frequência destes paroxismos térmicos. Assim, atendendo às consequências das ondas de calor e das ondas de frio na morbilidade, mortalidade e atividades humanas, o estudo sobre a sua ocorrência, especialmente numa série temporal longa revela-se importante. Não se pode evitar a sua ocorrência, contudo pode-se reduzir a vulnerabilidade humana, de maneira a reduzir os seus impactes. Quanto à metodologia, primeiro consultou-se bibliografia sobre a temática de ondas de frio, ondas de calor e temperaturas extremas, assim como sobre a sua relação com a saúde humana, particularmente ao nível da morbilidade e da mortalidade humanas, e da vulnerabilidade social, partindo de literatura publicada no estrangeiro e em Portugal. Os dados sobre temperaturas extremas foram obtidos no IGUC e foram tratados através de software Excel. A cartografia sobre os diferentes elementos de vulnerabilidade foi elaborada com recurso ao software ArcGIS 10.1. Os dados das ondas de calor e de frio foram cruzados com dados de mortalidade segundo a causa de morte, especificamente cedidos pelo INE para os dias em causa. Caracterizou-se a área de estudo, o concelho e a cidade de Coimbra, do ponto de vista administrativo, demográfico, socioeconómico, habitacional e de emprego da população residente e cartografou-se a vulnerabilidade social das freguesias do concelho. Contabilizou-se a ocorrência de ondas de calor e de ondas de frio na cidade de Coimbra, caracterizando a duração, frequência e intensidade e estabelecendo-se a análise da evolução das ocorrências por meses e por décadas. Entre 1865 e 2013, em Coimbra, ocorreram 41 ondas de calor e 9 ondas de frio. Procedeu-se a uma breve caracterização sinótica das ondas de calor de 29 de julho a 3 de agosto de 2003, 11 a 17 de julho de 2006, 4 a 11 de agosto de 2006 e 24 a 30 de julho de 2010 e da onda de frio de 8 a 16 de fevereiro de 1983 e contabilizaram-se os óbitos ocorridos no distrito de Coimbra, durante aqueles paroxismos térmicos, de acordo com a Classificação Internacional das Doenças. Durante as ondas de calor verificou-se excesso de mortalidade, aumentando no 3º dia após o início e prolongando-se nos dias subsequentes, sendo maior nas mulheres e nos idosos, nas doenças circulatórias e respiratórias. No caso da onda de frio, verificou-se excesso de mortalidade, aumentando no 7º dia após o início e prolongando-se nos dias subsequentes, sendo maior nos idosos, nas mulheres e nas doenças circulatórias e isquémica do coração.
Air temperature is the climatic element that most affects human activities, biological processes, comfort level and health. Exposure to heat and cold waves results in health impacts and the overall increment of mortality rates, albeit dependent on the vulnerability of exposed populations, as well as the duration, the intensity and the frequency of these thermal paroxysms. Thus, given the consequences of heat waves and of cold waves on morbidity, mortality and human activities, the study of its occurrence, especially in a longer time series is paramount. While their occurrence cannot be prevented, it is possible reduce human vulnerability and to reduce their impacts. Regarding the methodology, firstly explores the available literature, both from Portugal and abroad, on the subject of cold waves, heat waves and of extreme temperatures as well as their relation to human health, particularly in terms of human morbidity, mortality and social vulnerability. The extreme temperature data are from IGUC and were treated by Excel software. The mapping on the different elements of vulnerability was developed using the software ArcGIS 10.1. Heat and cold waves data were crossed with mortality data by cause of death, specifically ceded by INE for the days in question. The study area, the municipality and the city of Coimbra, were characterized from the following viewpoints: administrative, demographic, socioeconomic, housing and employment of the resident population and was subsequently mapped according to the social vulnerability of the municipality’s parishes. The occurrence of heat waves and cold waves in the city of Coimbra was ascertained as the duration, the frequency and the intensity and the analysis of the evolution of the events for months and for decades. In Coimbra city, between 1865 and 2013, 41 heat waves and 9 cold waves took place. The heat waves of the 29th of July to the 3rd of August 2003, 11th to the 17th July of 2006, 4th to 11th August of 2006 and 24th to 30th July of 2010 and the cold wave of 8th to 16th February of 1983 were synoptically characterized and the deaths that occurred in the district of Coimbra, during those thermal paroxysms, were accounted for according to the International Classification of Diseases. During heat waves the increment of mortality rates increased as of the 3rd day after the start of this paroxysm and continues during the subsequent days. There is a greater effect on women and the elderly, particularly those with circulatory and respiratory diseases. In the case of cold wave, it was found that an increment of mortality rates as of 7th day after the start of the event and continuing in the subsequent days, having a greater incidence in the elderly, in the women and in the circulatory and ischemic heart diseases.
Description: Tese de Mestrado em Geografia Física, Ambiente e Ordenamento do Território apresentada à Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra.
URI: http://hdl.handle.net/10316/27650
Rights: openAccess
Appears in Collections:FLUC Geografia - Teses de Mestrado
UC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
TESE_MESTRADO_CARLA_MATEUS.pdf14.53 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s) 20

857
checked on Aug 10, 2022

Download(s) 10

2,006
checked on Aug 10, 2022

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.