Title: A Comunicação Científica na Perspetiva da Comunidade Docente do Instituto Politécnico de Coimbra
Authors: Amaral, Jorge Manuel Rodrigues 
Keywords: Comunicação Académica;Acesso Aberto;Repositórios Institucionais;Ensino Politécnico;Scholarly Communication;Open Access;Institutional Repositories;Polytechnic
Issue Date: 7-Oct-2014
Citation: AMARAL, Jorge Manuel Rodrigues - A Comunicação Científica na Perspetiva da Comunidade Docente do Instituto Politécnico de Coimbra. Coimbra: [s.n.], 2014. [Consult. Dia Mês Ano]. Dissertação de mestrado. Disponível na WWW:http://hdl.handle.net/10316/27358
Abstract: O desenvolvimento das novas tecnologias da informação e da comunicação, surgidas na segunda metade do século XX, veio trazer à comunidade científica novas formas de comunicar a ciência, interagindo numa dimensão globalizada e tornando as fronteiras do conhecimento cada vez mais esbatidas. A comunicação científica, sujeita aos interesses das grandes editoras comerciais tem tentado libertar-se das grilhetas por elas impostas, procurando obter uma autonomia que tem sido difícil de conquistar, mas paulatinamente conseguida graças ao Movimento de Acesso aberto, permitindo, desse modo, o acesso e a partilha do conhecimento e potenciando a investigação, os investigadores e as instituições a que estão umbilicalmente ligados. Os repositórios institucionais, estrategicamente definidos como ferramentas de divulgação do conhecimento produzido, sobretudo nas instituições de ensino superior, permitem a prossecução dos objetivos estabelecidos por aquele movimento, contribuindo para dar a visibilidade e o impacto tão necessários ao labor científico, sobretudo em situações de conjuntura económica, política e social mais difíceis cujas consequências se refletem junto da comunidade científica. O trabalho que ora se apresenta, pretendeu compreender as atitudes e os comportamentos da comunidade docente do Instituto Politécnico de Coimbra (IPC), no que respeita ao acesso à informação científica e à necessidade de publicação por parte dos docentes, procurando identificar os potenciais constrangimentos ao desenvolvimento de um repositório próprio, tendo sido utilizado, para esse efeito, um questionário sob a forma de inquérito em linha junto da comunidade docente do IPC. Conclui-se que a comunidade docente faz um amplo uso das tecnologias digitais na procura da informação necessária ao seu trabalho de investigação, mostrando-se favorável aos princípios do Acesso aberto que considera ser mais eficaz para divulgação da literatura científica. No entanto, evidencia uma prática diferente, resultante de alguns constrangimentos relacionados com direitos de autor, custos de publicação e alguns receios, mostrando-se favorável à implementação de uma política baseada neste modelo.
The development of new information technologies and communication, which arose in the second half of the twentieth century, the scientific community has brought new ways of communicating science, interacting on a global scale, making the boundaries of knowledge increasingly blurred. Scientific communication, subject to the interests of large commercial publishers have tried to free themselves from the shackles imposed by them, seeking an autonomy that has been difficult to achieve, but gradually achieved thanks to the Open Access Movement, thereby allowing access and sharing of knowledge and enhancing research, researchers and institutions to which they are inextricably linked. Institutional repositories are strategically defined as dissemination tools of the produced knowledge, especially in higher education institutions, enabling the pursuit of the objectives set by that movement, helping to provide the visibility and impact so necessary for scientific work, especially during economic, political and social difficult times with consequences that have an effect on the scientific community. The work presented here had as objective to understand the attitudes and behaviour of the teaching community of Polytechnic Institute of Coimbra (IPC), in relation to access of scientific information and the need for publication by teachers, seeking to identify potential constraints to the development of a own repository, having been used, for this purpose, a questionnaire with a form of an online survey near the IPC teaching community. This study has shown that the teaching community makes extensive use of digital technologies to look up necessary information for their research work, thus supporting principles underlying Open Access, which considers this an effective and efficient means for the diffusion of scientific literature. However, this study has also indicated that in practice there are some drawbacks due to constraints related to copyright laws, publication costs and other worries, thereby supporting the implementation of a policy based on this model.
Description: Tese de mestrado em Informação, Comunicação e Novos Media, apresentada à Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra
URI: http://hdl.handle.net/10316/27358
Rights: openAccess
Appears in Collections:FLUC Secção de Informação - Teses de Mestrado

Show full item record
Google ScholarTM
Check
Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.