Title: Manifestações no Brasil - Estruturação da Esfera Pública, Rede Social e Participação Popular na Internet
Authors: Melo, Thiago 
Keywords: Novos media;Manifestações no Brasil;Rede social;Mobilização social
Issue Date: 19-Aug-2014
Citation: SILVA, Thiago Melo da - Manifestações no Brasil : estruturação da esfera pública, rede social e participação popular na Internet. Coimbra : [s.n.], 2014. Dissertação de mestrado. Disponível na WWW: http://hdl.handle.net/10316/26617
Abstract: Esta dissertação, intitulada "Manifestações no Brasil - Estruturação da Esfera Pública, rede social e participação popular na Internet", pretende apresentar de que forma o Facebook foi um espaço de reverberação e mobilização social durante os protestos que ocorreram em junho de 2013 no Brasil. Dividimos esta pesquisa em duas partes. Na primeira apresentamos o enquadramento teórico. A partir de Habermas (1984, 2003), Arendt (1958), Cohen e Arato (2001) e Maia (2002, 2006), falamos da formação dos conceitos de sociedade civil, espaços público e privado e esfera pública, bem como o papel dos media neste contexto. Seguimos falando da convergência mediática e da Internet como espaço público por meio de Jenkins (2009), Lévy (2002), Esteves (2003), Goode (2005) e Cardoso (2009). Finalizamos nosso enquadramento teórico abordando a questão da mobilização social na Internet a partir de Castells (2011, 2012), Chomsky (2013), Melucci (1996, 1998), Cabo (2008) e Bennett (2003). Para fazer o estudo empírico elegemos o dia 18 de junho, que foi o que concentrou as principais passeatas e ocupações de locais públicos em todo o país. A partir desta data, buscamos nos perfis do Facebook do jornal O Globo, do coletivo Mídia Ninja, do jornal El País (Espanha) e do Semanário Sol (Portugal) as publicações que foram realizadas neste dia sobre as manifestações. Por meio de metodologia específica para análise de conteúdos de web, utilizamos métodos qualitativos e quantitativos. Verificamos, assim, o conteúdo das imagens, as temáticas, as características, os links, e a linguagem. Aplicamos a mesma grelha de análise nos comentários das publicações. O estudo leva em consideração a capacidade de complexificação destes elementos. Concluímos que a rede social oferece ferramentas importantes para o debate público, assim como a possibilidade de ampliação do espaço democrático. Contudo, a utilização deste canal precisa acontecer de forma mais crítica e consistente, tanto pelos media, como pelos cidadãos.
This dissertation entitled "Manifestações no Brasil - Estruturação da Esfera Pública, rede social e participação popular na Internet", aims to show how Facebook became a space for discussion and social mobilization during the protests occurred in June 2013 in Brazil. We divided this study into two parts. The first presents the theoretical framework. Using the theoretical concepts provided by Habermas (1984, 2003), Arendt (1958), Cohen and Arato (2001) and Maia (2002, 2006), we highlight the concepts of civil society, public and private spaces and public sphere as well as the role of media in this context. We approach the media convergence and the Internet as a new public space by Jenkins (2009), Lévy (2002), Esteves (2003), Goode (2005) and Cardoso (2009). Finally, we complete our theoretical framework addressing the issue of social mobilization on the Internet from Castells (2011, 2012), Chomsky (2013), Melucci (1996, 1998), Cabo (2008) and Bennett (2003). In order to verify the theory in empirical terms we chose the 18th of June as a time frame, when there was the most expressive protests and occupations of public spaces across the country. Thus, we consider the posts on Facebook provided on the pages of the Brazilian channels O Globo and Mídia Ninja, the Portuguese Semanário Sol and the Spanish El País, that has published on this specific date. Using a specific methodology for analyzing web content, we used qualitative and quantitative methods to check the contents of images, themes, features, links, and language. We apply the same analysis grid in the comments of the posts. This study considers the ability of these elements of complexity. We conclude that social networking offers important tools for public debate and to the possibility of expanding the democratic space. However, the citizen and media need to use those channels and tools in a more critical and consistently way.
Description: Dissertação de Mestrado em Comunicação e Jornalismo, apresentada ao Departamento de Filosofia, Comunicação e Informação da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra
URI: http://hdl.handle.net/10316/26617
Rights: openAccess
Appears in Collections:FLUC Secção de Comunicação - Teses de Mestrado

Show full item record
Google ScholarTM
Check
Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.