Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/26581
Title: Contributo dos espaços verdes para o bem-estar das populações - Estudo de caso em Vila Real
Authors: Silva, Joana Filipa Dinis 
Orientador: Nogueira, Helena Guilhermina da Silva Marques
Keywords: Geografia da saúde; Saúde; Bem- estar; Espaços verdes
Issue Date: 24-Jul-2014
Citation: SILVA, Joana Filipa Dinis - Contributo dos espaços verdes para o bem-estar das populações : estudo de caso em Vila Real. Coimbra : [s.n.], 2014. Dissertação de mestrado. Disponível na WWW: http://hdl.handle.net/10316/26581
Abstract: A saúde é definida pela OMS como estado completo de bem-estar físico, mental e social, e não apenas ausência de doença ou incapacidade, enfatizando assim a importância da saúde para a realização plena da vida humana. Os Espaços Verdes Urbanos (EVU) revelam-se cada vez mais importantes na melhoria da qualidade de vida, promovendo estilos de vida saudáveis e contatos sociais com impactes positivos na saúde física e mental. Há, pois, uma relação inequívoca entre a qualidade de vida, bem-estar das populações e qualidade ambiental; neste contexto, os EVU são hoje considerados como elementos fundamentais à saúde e bem-estar das populações. O presente trabalho desenvolve-se na cidade de Vila Real e pretende estudar dois EVU - o Parque do Corgo e o Parque Florestal – com o principal objetivo de perceber a relação entre os EVU em estudo, o bem-estar e a qualidade de vida das populações frequentadoras destes espaços, avaliando os benefícios destes espaços e a forma como estes se integram na cidade. Recorrendo a grelhas de observação e inquéritos realizados à população utilizadora destes EVU, espera-se obter um conjunto de resultados que revelem a sua importância no contexto urbano em que se integram e sugiram ações e estratégias adequadas à maximização dos seus benefícios.
Health is defined by the WHO as a state of complete physical, mental and social wellbeing and not merely the absence of disease or disability, thus emphasizing the importance of health to the full realization of human life. The Urban Green Spaces (UGS) reveal themselves increasingly important in improving the quality of life by promoting healthy lifestyles and social contacts with positive impacts on physical and mental health. There is therefore a clear link between quality of life, well-being of populations and environmental quality; within this context, the UGS are considered today as fundamental elements to health and well-being of populations. This work is developed in the city of Vila Real and wants to study two UGS - Corgo Park and Florestal Park - with the primary goal of understanding the relationship between the UGS study, well-being and quality of life of people attending these spaces, evaluating the benefits of these spaces and how they are integrated in the city. Using observation grids and surveys conducted at these UGS user population, it is expected to obtain a set of results that reveal their importance in the urban context in which they are involved and suggest appropriate actions to maximize their benefits strategies.
Description: Dissertação de mestrado em Geografia Humana: Ordenamento do Território e Desenvolvimento, apresentada à Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra
URI: http://hdl.handle.net/10316/26581
Rights: openAccess
Appears in Collections:FLUC Geografia - Teses de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
Tese Joana Filipa Dinis Silva.pdf3.3 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s) 50

253
checked on Oct 15, 2019

Download(s)

127
checked on Oct 15, 2019

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.