Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/25918
Title: O impacto do comprometimento organizacional na gestão do conhecimento: um estudo no sector do Ensino Superior Politécnico Português
Authors: Magalhães, Tânia Sofia da Cruz 
Orientador: Cardoso, Leonor
Keywords: Gestão do conhecimento
Issue Date: 2009
Serial title, monograph or event: O impacto do comprometimento organizacional na gestão do conhecimento: um estudo no sector do Ensino Superior Politécnico Português
Place of publication or event: Coimbra
Abstract: Nos últimos anos de investigação empírica e científica, vários conceitos têm vindo a ganhar relevância no seio organizacional (Cardoso et al., 2005; Gomes, 2008; Rocha, 2007). A gestão do conhecimento, nomeadamente a importância das suas práticas no mundo organizacional e o comprometimento organizacional, isto é, o vínculo ou tipo de relação que o colaborador estabelece com a organização, são temas que têm vindo a ganhar importância e que são postos em destaque nas novas investigações. No entanto este campo mostra ainda algumas lacunas na área das investigações empíricas (Cardoso et al., 2005). Através da análise de investigações recentes, podemos observar que diversos autores procuram compreender a forma como o vínculo estabelecido pelo colaborador se reflecte na forma como ocorrem os processos de gestão do conhecimento. Assim, este trabalho centra-se na interrogação sobre o impacto do vínculo do colaborador, nomeadamente as formas de comprometimento e identificação com a organização, nos processos e práticas de gestão do conhecimento, consistindo numa investigação correlacional e transversal e que dá continuidade a uma linha de investigação já iniciada acerca deste tema. Como fonte de recolha de dados, foi seleccionado o sector de Ensino Superior Politécnico de Coimbra, sector onde já foram aplicados e validados instrumentos que avaliam os dois conceitos desta investigação. Recorremos à aplicação do Questionário de Gestão do Conhecimento (Cardoso, 2003; Cardoso et al., 2005) e do Questionário ASH-ICI (Quijano, Masip, Navarro e Aubert, 2007). Estes instrumentos correspondem à medição e avaliação da gestão do conhecimento e do comprometimento organizacional, respectivamente. Foram inquiridos 369 colaboradores que exercem as suas funções profissionais nas oito unidades orgânicas do Instituto Politécnico de Coimbra e, como método de análise, foram aplicadas várias regressões múltiplas. Os resultados mostram que o comprometimento pessoal e o comprometimento de troca causam um impacto positivo em práticas particulares de gestão do conhecimento. Este trabalho pretende contribuir para que as questões relativas ao comprometimento organizacional e à gestão do conhecimento, aplicadas nas Instituições de Ensino Superior Politécnico Portuguesas em particular, não passem a ser desvalorizadas. Torna-se necessário dar continuidade a estas investigações, de modo a que, quer as investigações, quer os instrumentos de medida dos conceitos referidos, sejam reavaliados e que se mantenham adaptados às condições organizacionais a que a sociedade assiste.
In recent years of empirical and scientific research, various concepts have gained relevance in organizations (Cardoso et al., 2005; Gomes, 2008; rock, 2007). Knowledge management, in particular the importance of their organizational practices and the organizational commitment, that is, the link or type of relationship which the contributor establishes with the organisation, are matters that have been gaining importance and which are featured in the new investigations. However, this field shows a few gaps in the area of empirical investigations (Cardoso et al., 2005). Through the recent investigations analyses, we can see that various authors seek to understand the way a link established by the contributor is reflected in the way that knowledge management processes occurs. This work focuses on the question of the impact of the contributor's link, in particular those forms of commitment and identification with the organization, on knowledge management practices consisting of a crosssectional and correlacional study and research that is one line of research on this subject has already begun. As a source of data collection, was selected the polytechnic higher education sector, in Coimbra, sector which have already been applied and validated instruments that evaluate the two concepts of this research. We went to the application of knowledge management questionnaire (Cardoso, 2003; Cardoso et al., 2005) and ASHICI questionnaire (Quijano, Masip, Navarro and Aubert, 2007). These instruments correspond to the measurement and evaluation of knowledge management and organizational commitment, respectively. Were respondents 369 people that exercise their professional roles in eight IPC organic units and, for data analysis, applied various multiple regressions. The results show that personal commitment and the commitment to exchange cause a positive impact on particulary knowledge management practices. This work aims to contribute to organizational commitment and the management of knowledge issues, applied in higher education institutions, will not be devalued. It is necessary to continue these investigations, so that both investigations and measuring of the concepts referred be re-examining to remain organizational conditions of society.
Description: Tese de Mestrado em Psicologia das Organizações e do Trabalho, apresentada à Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade de Coimbra
URI: http://hdl.handle.net/10316/25918
Rights: openAccess
Appears in Collections:FPCEUC - Teses de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
MIP- Tânia Magalhães.pdf356.66 kBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s) 50

361
checked on Jul 9, 2020

Download(s)

10
checked on Jul 9, 2020

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.