Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/2501
Title: Difusão de electrólitos em solução aquosa e em hidrogéis com diferentes graus de hidrofilicidade.
Authors: Valente, Artur José Monteiro 
Orientador: Lobo, Victor Manuel de Matos
Keywords: Electroquímica; Química
Issue Date: 1999
Citation: VALENTE, Artur José Monteiro - Difusão de electrólitos em solução aquosa e em hidrogéis com diferentes graus de hidrofilicidade. Coimbra: ed. aut., 1999.
Abstract: Os hidrogéis são polímeros com inúmeras aplicações em meios electrolíticos, como por exemplo em solos agrícolas ou na libertação controlada de drogas. No entanto, o actual conhecimento das propriedades das diferentes matrizes não permite ainda um desenvolvimento racional de novas matrizes. O estudo de fenómenos de transporte dos solutos (e.g. electrólitos), nas matrizes poliméricas pode contribuir para tal conhecimento e, consequentemente, desenvolver novas matrizes. A difusão dos electrólitos não-associados, cloreto de potássio e cloreto de lítio, em soluções concentradas (0,1 M a 1,0 M), em solução aquosa e nos hidrogéis, foi estudada com a finalidade de identificar o mecanismo de interacção do electrólito com os hidrogéis. Para tal foram preparadas 4 membranas de hidrogel, usando como monómeros a acrilamida e o metacrilato de metilo. O N,N'-metileno-bis-acrilamida foi usado como reticulante. As propriedades das diferentes membranas (e.g. percentagem de sorção de água) foram alteradas por variação da razão entre os monómeros, e da concentração de reticulante. Os coeficientes fickianos de difusão, do KCl e do LiCl, nos hidrogéis foram comparados com os coeficientes de difusão diferencial mútua dos electrólitos em solução aquosa. Estes parâmetros foram obtidos através duma técnica baseada no método do lapso de tempo e da célula condutimétrica de capilares abertos, respectivamente. O estudo da difusão dos electrólitos foi complementado com dados de solubilidade da água e de electrólitos nos hidrogéis (graus de inchaço e isotérmicas de sorção e dessorção). Dos estudos de equilíbrio conclui-se existir um carácter irreversível da sorção dos solutos, provavelmente devido a processos físicos e químicos que acompanham o transporte por difusão. A comparação resultante da medição dos coeficientes de permeação e fickianos de difusão dos electrólitos nos hidrogéis vem também justificar a ocorrência de tais processos. Os coeficientes termodinâmicos de difusão permitem ainda concluir que o mecanismo de difusão dos electrólitos nos hidrogéis é diferente daquele que ocorre em solução aquosa, e é dependente do efeito dos catiões na estrutura da água.
URI: http://hdl.handle.net/10316/2501
Rights: embargoedAccess
Appears in Collections:FCTUC Química - Teses de Doutoramento

Show full item record

Page view(s) 50

376
checked on Jun 9, 2021

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.