Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/24734
Title: Prevalência de Parasitismo por Carraças e Influência no Estado de Saúde de Passeriformes
Authors: Gonçalves, Maria das Dores Pereira 
Orientador: Norte, Ana Cláudia
Ramos, Jaime Albino
Keywords: Carraças; Passeriformes florestais; Parasitismo; Guildas ecológicas; Sazonalidade; Saúde das aves
Issue Date: 2013
Place of publication or event: Coimbra
Abstract: As carraças são hematófagos parasitas de mamíferos, répteis e aves, podendo afetar significativamente a saúde e a condição física dos seus hospedeiros. Estão globalmente distribuídas por diversos tipos de habitat e a sua abundância é determinada por fatores bióticos e abióticos do meio. As aves, para além de hospedeiros, funcionam como dispersores das carraças e reservatório de agentes patogénicos transmitidos por carraças, tais como a Borrelia burgdorferi s.l., responsável pela borreliose de Lyme. Neste estudo pretendeu-se: (1) identificar a fauna de carraças presentes em duas zonas florestais do centro litoral de Portugal, a Mata Nacional do Choupal e a Tapada Nacional de Mafra; (2) determinar o padrão de sazonalidade e a influência da temperatura e da humidade relativa na abundância de carraças; (3) determinar a importância de passeriformes como hospedeiros de carraças; (4) avaliar os custos do parasitismo pelas carraças às aves, através da análise de parâmetros morfológicos e hematológicos. O estudo decorreu entre Março de 2010 e Março de 2011. As aves foram capturadas mensalmente com recurso a redes verticais e as carraças foram recolhidas das aves infestadas e da vegetação adjacente às redes verticais pelo método de flagging. As aves capturadas foram anilhadas e identificadas e foram recolhidas biometrias e amostras de sangue. Os parâmetros avaliados nas aves foram: tamanho da asa, tamanho do tarso, peso, condição corporal, hematócrito, hemoglobina, WBC, índice H/L, índice de músculo e gordura e presença de hemoparasitas. Foram recolhidas aproximadamente 1670 carraças da vegetação da Tapada Nacional de Mafra e apenas 3 na Mata Nacional do Choupal, sendo o tipo de vegetação e a grande quantidade de mamíferos presentes na Tapada Nacional de Mafra fatores que podem justificar esta diferença. III Também na Tapada Nacional de Mafra (32,7%) se verificou uma prevalência mais elevada de parasitismo por carraças nas aves do que na Mata Nacional do Choupal (16,9%). No total foram recolhidas 7 espécies de carraças (n=1121) das aves: Haemaphysalis punctata, Hyalomma marginatum, Hyalomma lusitanicum, Ixodes acuminatus, Ixodes arboricola, Ixodes frontalis e Ixodes ricinus, sendo o primeiro registo de Ixodes ricinus e Ixodes acuminatus a parasitar aves em Portugal. Foi também registado, pela primeira vez, Ixodes arboricola em território nacional. A espécie mais abundante na Tapada Nacional de Mafra foi Ixodes ricinus (69,9%) e na Mata Nacional do Choupal foi Ixodes frontalis (75,9%). As carraças apresentaram diferentes padrões de sazonalidade e foi Ixodes ricinus a espécie de carraça que demonstrou ser mais sensível às alterações de temperatura e humidade relativa. Verificou-se que as espécies de aves com hábito de forrageamento na vegetação densa possuem taxas de infestação e intensidade de parasitismo por carraças mais elevados. As espécies de aves mais infestadas foram Erithacus rubecula, Turdus merula e Turdus philomelos, sendo estas as espécies de aves que mais contribuem para a manutenção dos estados imaturos de Ixodes ricinus e Ixodes frontalis nas áreas analisadas. Neste estudo não se verificou um impacto negativo na saúde das aves ao nível dos parâmetros morfológicos e hematológicos analisados, tendo-se verificado apenas uma tendência de que a presença de carraças pode aumentar o indicador de stress generalista H/L em Erithacus rubecula, Turdus merula e Turdus philomelos e que uma elevada infestação parece estar relacionada com um decréscimo da condição corporal em Turdus merula.
Ticks are haematophageous parasites of mammals, reptiles and birds, which can affect the health and fitness of their hosts. They are globally distributed by various habitat types and their abundance depends on abiotic and biotic factors. Birds play an important role, not only as their hosts, but also in their dispersal and act as reservoirs for pathogens, such as Borrelia burgdorferi s.l., responsible for Lyme borreliosis. The aim of this study was to: (1) identify the ticks present in two forest areas of of west Portugal, Mata Nacional do Choupal and Tapada Nacional de Mafra; (2) determine the pattern of seasonality and the influence of temperature and relative humidity in the abundance of ticks; (3) determine the importance of passerine birds as hosts for ticks; (4) assess the effect of tick parasitism on birds through the analysis of morphological and hematological parameters. The study was conducted between March 2010 and March 2011. The birds were caught monthly in mist nets, and the ticks were collected from infested birds and also from the vegetation along the sides of the mist nets by flagging. The captured birds were ringed and identified. Biometrics and blood samples were collected. Parameters evaluated in birds were: wing size, tarsus size, weight, body condition, hematocrit, hemoglobin content, WBC, H/L stress index, muscle and fat indexs and presence of hemoparasites. Approximaly 1670 questing ticks were collected from the vegetation at Tapada Nacional de Mafra and only 3 at Mata Nacional do Choupal. The type of vegetation and the large number of mammals present in Tapada Nacional de Mafra are factors that may explain this difference. Also in Tapada Nacional de Mafra (32,7%), there was a higher prevalence of parasitism by ticks in birds than in Mata Nacional do Choupal (16,9%). In total 7 species (n=1121) were collected from birds: Haemaphysalis punctata, Hyalomma marginatum, Hyalomma lusitanicum, Ixodes acuminatus, Ixodes arboricola, Ixodes ricinus and Ixodes frontalis, and this was the first record of Ixodes ricinus and Ixodes acuminatus parasiting wild birds in Portugal. It was also recorded for the first time Ixodes arboricola in Portugal. The most abundant tick species in Tapada Nacional de Mafra and Mata Nacional do Choupal were, respectively, Ixodes ricinus (69,9%) and Ixodes frontalis (75,9%). Ticks exhibited different patterns of seasonality and Ixodes ricinus was more sensitive to changes in temperature and humidity than other tick species. Ground-foreger birds species that had a higher prevalence and intensity of infestation by ticks. The most infested bird species were Erithacus rubecula, Turdus merula and Turdus philomelos. These were the bird species that contributed the most to the maintenance of subadult ticks of Ixodes ricinus and Ixodes frontalis in the studied areas. This study suggested negative impacts on the morphological and hematological parameters analyzed: the presence of ticks tended to increase the general stress indicator H/L in Erithacus rubecula, Turdus merula and Turdus philomelos and decreased the body condition of highly infested Turdus merula birds.
Description: Dissertação de mestrado em Biologia, apresentada ao Departamento Ciências da Vida da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra.
URI: http://hdl.handle.net/10316/24734
Rights: openAccess
Appears in Collections:FCTUC Ciências da Vida - Teses de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
Dissertação.pdf2.74 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s)

229
checked on Nov 25, 2021

Download(s) 10

1,719
checked on Nov 25, 2021

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.