Title: A aptidão física funcional associa-se com o custo de consumo de medicamentos e com os estados de humor em pessoas idosas
Authors: Laureano, Michelli Luciana Massolini 
Keywords: Aptidão física--idoso;Consumo de medicamentos--idoso;Idosos;Estado de humor--idoso
Issue Date: 2013
Citation: Laureano M. L. M. (2013). A aptidão física funcional associa-se com o custo de consumo de medicamentos e com os estados de humor em pessoas idosas. Dissertação de Mestrado. Coimbra (PT). Faculdade de Ciências do Desporto e Educação Física da Universidade de Coimbra. Coimbra, Portugal.
Abstract: O objetivo deste estudo foi verificar se a aptidão física funcional (AFF) se associa com o custo anual de consumo de medicamentos e com os estados de humor (EH) em pessoas idosas. A AFF de 229 pessoas com 65+ anos foi avaliada pela bateria Senior Fitness Test e os EH pelo questionário Profile of Mood States – Short Form. O custo anual de consumo de medicamentos foi calculado a partir das posologias prescritas, acedidos através da consulta do registro informático dos médicos de família de cada participante. A análise estatística recorreu à MANCOVA, com controlo da idade, e à correlação parcial, com controlo da idade, do sexo e do Índice de Massa Corporal. A análise dos dados mostrou a existência de correlação inversa entre a aptidão cardiorespiratória e o custo anual de medicamentos, assim como entre a aptidão física funcional e estados de humor como tensão, depressão, fadiga, confusão e perturbação total do humor (PTH). As comparações entre os quintis da distância percorrida no teste de 6 minutos de marcha mostrou a existência de associações inversas com a perturbação total do humor e com o custo anual com o consumo de medicamentos. O estudo concluiu que melhor aptidão física funcional está associada com menores custos com o consumo de medicamentos e com estados de humor mais positivos, em pessoas idosas. The aim of this study was to verify the association of the functional fitness (FF) with the annual cost of medicines consumption, and with moods states (MD) in the elderly. The functional fitness of 229 people with 65+ years-old was evaluated by the Senior Fitness Test battery and moods states by the questionnaire Profile of Mood States – Short Form. The annual cost of drug consumption was calculated on the basis of the prescribed dosages, accessed through the registry query-processing of family doctors of each participant. The statistical analysis used MANCOVA, controlling for age, and partial correlation, controlling for age, gender and body mass index. Data analysis showed the existence of inverse correlation between cardiorespiratory fitness and the annual cost of medicines, as well as between the functional fitness and mood states such as tension, depression, fatigue, confusion, and total mood disturbance. Comparisons between quintiles of distance walked in 6-minute showed inverse associations with the total mood disturbance (TMD), and with the annual cost with the annual cost of medicines consumption. The study concluded that higher functional fitness is associated with lower costs with the medicines consumption, and with more positive moods states in elderly people.
Description: Dissertação de mestrado em Atividade Física em Contexto Escolar (Ciências do Desporto), apresentada à Faculdade de Ciências do Desporto e Educação Física da Universidade de Coimbra.
URI: http://hdl.handle.net/10316/24488
Rights: openAccess
Appears in Collections:FCDEF - Teses de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertação LAUREANO MLM_final.pdf1.82 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record
Google ScholarTM
Check
Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.