Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/23290
Title: Birras infantis, estilos educativos parentais e comportamento de punição
Authors: Silva, Ana Rita Pereirinha Gomes da 
Orientador: Albuquerque, Cristina Petrucci
Keywords: Comportamento da criança; Problemas de comportamento, criança; Punição, criança
Issue Date: 22-Jan-2013
Serial title, monograph or event: Birras infantis, estilos educativos parentais e comportamento de punição
Place of publication or event: Coimbra
Abstract: Dado o aumento do interesse pela temática das birras infantis, bem como à relevância do tema e à falta de estudos acerca do mesmo, torna-se fundamental dispor de um conhecimento mais aprofundado acerca das birras infantis e das suas implicações. Assim, o presente estudo tem como objetivo principal caracterizar as birras, conhecer as práticas educativas parentais perante as mesmas e compreender a relação entre as birras e a legitimação da punição física. Para tal, recorreu-se a uma amostra de 66 crianças entre os cinco e os dez anos, sendo que desta 33 tinham um diagnóstico prévio de Perturbação Disruptiva do Comportamento e as outras 33 não tinham qualquer problemática identificada, sendo que em ambos os casos o preenchimento dos inventários ficou a cargo dos pais. As análises efetuadas atestam que uma Perturbação Disruptiva do Comportamento tende a associar-se a uma maior frequência e intensidade nas birras. Além disso, reuniram-se evidências estatisticamente significativas que indicam que pais de crianças com uma Perturbação Disruptiva do Comportamento adotam, perante as birras, mais estratégias punitivas e menos estratégias não punitivas.
Owing the increasing interest in the area of children's tantrums, as well as the relevance of the topic and lack of studies about the theme, it is essential to have a deeper knowledge about children's tantrums and their implications. Thus, the present study aims to characterize tantrums, know the parenting practices applied when facing a tantrum behavior and understand the relationship between the tantrums and the legitimacy of physical punishment. For this purpose, we used a sample of 66 children between the age of five and ten, in which 33 had a previous diagnosis of Disruptive Behavior Disorder and the other 33 who had no problems identified, and in both cases the filling of the inventories was the parents’ responsibility. The analysis shows that a Disruptive Behavior Disorder tends to be associated with an increasing frequency and intensity of tantrums. Furthermore, evidence gathered shows statistically significant data that indicates that parents of children with a Disruptive Behavior Disorder adopt, before the tantrums, more punitive strategies and less nonpunitive strategies.
Description: Dissertação de mestrado em Psicologia da Educação, Desenvolvimento e Aconselhamento, apresentada à Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação da Universidade de Coimbra
URI: http://hdl.handle.net/10316/23290
Rights: openAccess
Appears in Collections:FPCEUC - Teses de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
Birras Infantis.pdf1.07 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s) 1

1,884
checked on Sep 14, 2020

Download(s) 10

2,107
checked on Sep 14, 2020

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.