Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/2166
Title: Dinâmica do positrónio em microemulsões de AOT/ÁGUA/ÓLEO
Authors: Marques, Maria de Fátima Rebelo Marques Ferreira 
Orientador: Gil, Carlos Augusto Lopes
Burrows, Hugh Douglas
Keywords: Física Experimental; Física
Issue Date: 6-Oct-1998
Abstract: A espectroscopia de tempos de vida do positrão foi aplicada ao estudo da dinâmica do positrónio (Ps) em micelas invertidas formadas na mistura de Na (AOT)/água/isooctano. A análise dos espectros foi efectuada com quatro componentes temporais, o que permitiu separar os parâmetros (intensidades, Ii, e tempos de vida, ti) correspondentes ao estado tripleto do positrónio (oPs) presente na pseudo-fase aquosa (I3, t3) e na fase orgânica contínua (I4, t4). Esta última vida média tem um valor coincidente com o medido no isooctano puro, enquanto o valor de t3 é substancialmente mais baixo do que o observado na água pura (). Tais resultados levaram a considerar a possibilidade do Ps se formar principalmente na água retida no interior das micelas, de onde difundiria para o solvente orgânico. A análise subsequente fortaleceu esta interpretação que serviria de ponto de partida para a elaboração de um modelo da dinâmica do Ps neste sistema. Foi estabelecido o formalismo matemático desse modelo através dum sistema de equações que descrevem os diferentes processos a que o Ps está sujeito e contém dois parâmetros ajustáveis: o raio das piscinas aquosas, r0, e um factor de transmissão ligado à probabilidade de o Ps atravessar a barreira micelar, h. Realizaram-se testes com dois inibidores fortes da formação do Ps, um solúvel na fase orgânica (CCl4) e outro na pseudo-fase aquosa (Te(OH)6). Foram também efectuados estudos comparativos com micelas invertidas de Ca(AOT)2/água/isooctano. Os resultados obtidos estão de acordo com o modelo, demonstram ser importante a parcela de Ps formada nos chamados spurs mistos e são consistentes com a hipótese de serem ainda razoavelmente energéticos os positrões que formam Ps na água. O trabalho estabelece a utilidade do Ps como sonda capaz de pesquisar a estrutura de sistemas tão complexos como as microemulsões e demonstra a validade do modelo desenvolvido, o qual poderá ser aplicado a outros sistemas com relativa facilidade.
Description: Tese de doutoramento em Física (Física Experimental) apresentada à Fac. de Ciências e Tecnologia da Univ. de Coimbra
URI: http://hdl.handle.net/10316/2166
Rights: embargoedAccess
Appears in Collections:FCTUC Física - Teses de Doutoramento

Show full item record

Page view(s)

31
checked on Sep 22, 2020

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.