Title: A Arquivística sob o signo da mudança: cenários arquivísticos (re) desenhados pelo documento eletrônico
Authors: Freitas, Maria Cristina Vieira de 
Keywords: Arquivística Contemporânea;Tecnologias de informação e comunicação;Documentos eletrônicos;Teoria da mudança
Issue Date: 2010
Abstract: Este estudo tem como propósito primário compreender o significado atribuído aos impactos gerados pelo documento eletrônico, no âmbito da teoria e da prática arquivística. Consoante a sua planificação, desenvolve-se em duas etapas distintas e complementares. Numa primeira, consultamos as revistas de Biblioteconomia & Documentação e Arquivística, com vista à seleção de fontes de informação. Numa segunda, analisamos resumos e textos completos, com vista à interpretação e compreensão dos assuntos investigados. Consistentemente com os propósitos, adotamos um modelo de investigação de orientação qualitativa, amparado no método de análise Grounded Theory. Entre as ferramentas de apoio ao referido método, destacamos o uso do software ATLAS.ti, que atua numa base de análise textual e conceitual. Consistentemente com as análises, descortinamos dois cenários arquivísticos de confronto dos problemas gerados pelo documento eletrônico, nos últimos 40 anos. Entre os resultados emergentes, conceituamos e comparamos as propriedades e as dimensões significativas dos documentos arquivísticos, convencionais e eletrônicos. Além disso, revelamos as personagens proeminentes do mundo arquivístico e as suas estratégias de ação e interação, no confronto dos problemas atuais. Entre as conclusões significativas, sumariamos que, tanto a teoria como a prática arquivística, considerando-se a percepção das pessoas envolvidas, estão submersas num processo de mudar para solucionar os seus problemas, acomodando-se aos contornos ainda difusos de um paradigma social emergente. A referida Mudança – que acompanha as fronteiras igualmente difusas de um contexto “pós-moderno”, “pós-industrial” e “pró-sociedade informacional” – tem, como fator condicionante, o documento eletrônico, incluído no bojo dos “clusters” de inovações que se notam, particularmente, no contexto norte-americano dos últimos 50 anos, atendendo pelo genérico designativo de “Tecnologias de informação”. Ainda, neste estudo, demonstramos a proposição de Daniel Bell (1977), emergente no curso da investigação: as tecnologias não determinam a Sociedade, mas suscitam-lhe problemas para resolver, com meios e recursos que advêm de distintas formas, para atender aos diferentes propósitos. Entre as recomendações principais, destacamos veementemente a pertinência da continuidade das nossas análises, ampliando as conclusões a respeito das características persistentes do processo social básico da Mudança, identificado como relevante, no âmbito deste estudo, e, consequentemente, visto como um ponto de convergência dos problemas, desafios, oportunidades, riscos, ameaças e preocupações que perpassam a Arquivística Contemporânea, na ótica das pessoas envolvidas.
URI: http://hdl.handle.net/10316/20104
Rights: openAccess
Appears in Collections:FLUC Secção de Informação - Teses de Doutoramento

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Freitas, M. C. V. (2009). A arquivística sob o signo da mudança 1.pdf20.45 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record
Google ScholarTM
Check
Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.