Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/1998
Title: Microbiology of the Northern brine-filled pools of the Red Sea
Authors: Antunes, André Guimarães Lemos 
Orientador: Huber, Robert
Costa, Milton Simões da
Keywords: Microbiologia; Bioquímica; Fossa hipersalina -- Mar Vermelho
Issue Date: 13-Jan-2006
Citation: ANTUNES, André Guimarães Lemos - Microbiology of the Northern brine-filled pools of the Red Sea. Coimbra, 2005.
Abstract: Nos últimos trinta anos, cerca de 25 fossas hipersalinas foram descobertas na região do Mar Vermelho. Associada a todas elas está a formação de gradientes nítidos, com variação muito brusca de vários parâmetros (e.g. salinidade, densidade, O2, pH). Apesar de inicialmente consideradas estéreis, o seu enorme potencial microbiológico é hoje claro. Este trabalho de investigação visou obter um conhecimento mais aprofundado da microbiologia deste fascinante e enigmático ambiente extremo. Estudos iniciais incidiram na caracterização de um isolado, designado Salinisphaera shabanensis, oriundo do interface "água do mar" – salmoura. A sua flexibilidade notável é altamente vantajosa num ambiente tão rico em gradientes. A participação na expedição Meteor M52/3 permitiu-nos recolher amostras detalhadas destes ambientes, incluindo a recolha do primeiro material proveniente do interface salmoura-sedimento da fossa de Shaban. A estratégia de enriquecimentos lançada posteriormente centrou-se no "targeting" filogenético de certos grupos microbianos e resultou no isolamento de uma archaea. Esta será uma nova espécie, não-pigmentada, do género Halorhabdus, representadando a primeira archaea isolada de uma fossa anóxica hipersalina. Corroborando o potencial inexplorado das amostras, foi descoberta uma nova e invulgar bactéria, designada tentativamente "Haloplasma contractilis", representando um novo ramo periférico dentro dos Mollicutes. A descoberta deste organismo altera claramente os conhecimentos actuais a nível da ecologia e fisiologia desta classe, tendo ainda implicações a nível filogenético e evolutivo. Foi ainda desenvolvida uma nova abordagem para a reprodução dos gradientes de salinidade encontrados nas fossas. Esta constitui um importante avanço na busca de novos métodos de cultivação que mais fielmente recriem os ambientes naturais.
Description: Tese de doutoramento em Bioquímica (Microbiologia) apresentada à Fac. de Ciências e Tecnologia de Coimbra
URI: http://hdl.handle.net/10316/1998
Rights: embargoedAccess
Appears in Collections:FCTUC Ciências da Vida - Teses de Doutoramento

Show full item record

Page view(s)

44
checked on Sep 15, 2020

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.