Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/18227
Title: O papel da diversidade na predição da eficácia grupal
Authors: Silva, Sara Raquel Patrício da 
Orientador: Dimas, Isabel
Keywords: Questionário destinado aos líderes das equipas; Escala de Avaliação e Desempenho grupal; Escala de satisfação grupal; Grupos de trabalho; Diversidade, trabalho; Eficácia
Issue Date: 2008
Serial title, monograph or event: O papel da diversidade na predição da eficácia grupal
Place of publication or event: Coimbra
Abstract: A diversidade é uma realidade incontornável nas organizações. Não obstante a multiplicidade de reflexões e de estudos desenvolvidos sobre esta temática, os resultados alcançados são pouco conclusivos e contraditórios. Enquanto alguns autores apresentam suporte para a hipótese do valor da diversidade no funcionamento dos grupos e das organizações, outros sugerem que a diversidade tem efeitos negativos no desempenho e na satisfação grupal e se encontra associada à emergência de conflitos e à diminuição da qualidade da comunicação. Com a presente dissertação procurámos contribuir para uma maior compreensão e clarificação das relações que as várias dimensões da diversidade estabelecem com a eficácia grupal, designadamente no que concerne ao desempenho e à satisfação. Para a prossecução do objectivo referido, foi conduzido um estudo empírico de natureza não experimental, no qual foram aplicados questionários a uma amostra composta por grupos de trabalho de organizações do sector secundário e terciário. No estudo desenvolvido participaram 74 equipas de 25 organizações que actuam em contextos pouco previsíveis e complexos. No global, os resultados mostraram que a diversidade por si própria não é suficiente para predizer a eficácia grupal. De facto, apenas a diversidade na experiência global na função mostrou relacionar-se, positiva e significativamente, com uma das dimensões da eficácia avaliada, a satisfação, mostrando que a diversidade grupal ao nível da experiência na função aumenta a satisfação sentida pelos seus membros.
Diversity is an inescapable feature of group life. After all the reflections and studies about this thematic, the results remain little conclusive and contradictory. While some authors emphasized the value of diversity in the groups and organizations working, others suggest that diversity is a dysfunctional feature with negative effects on group’s performance and satisfaction and connected to the contingency of conflicts and poor communication. With the current dissertation we intended to contribute for a better understanding of the relations between diversity attributes and group effectiveness, namely with performance and satisfaction. To attain our goals, we developed an empirical study with a non-experimental design, where we applied questionnaires to a sample composed by work groups of organizations of the secondary and tertiary sector. In present study 74 teams from 25 organizations, which performed complex and relatively high degree of uncertain tasks. Overall, the results revealed that, by itself, diversity is not enough to predict group effectiveness. Indeed, only the global experience on the job shows a positive and significant relationship with one of the dimensions of effectiveness, satisfaction, showing that this kind of diversity increase member’s satisfaction.
Description: Dissertação de Mestrado Integrado em Psicologia do Trabalho e das Organizações
URI: http://hdl.handle.net/10316/18227
Rights: closedAccess
Appears in Collections:FPCEUC - Teses de Mestrado

Show full item record

Page view(s) 20

480
checked on Jul 2, 2020

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.