Title: Especialização Desportiva em Jovens Hoquitas Masculinos. Estudo do jovem atleta, do processo de selecção e da estrutura do rendimento
Authors: Vaz, Vasco Parreiral Simões 
Keywords: Maturação;Jovens atletas;Hóquei em patins
Issue Date: 14-Dec-2011
Citation: VAZ, Vasco Parreiral Simões - Especialização Desportiva em Jovens Hoquitas Masculinos. Estudo do jovem atleta, do processo de selecção e da estrutura do rendimento. Coimbra : [s.n.], 2011
Abstract: O presente estudo, organizado em trabalhos parcelares, pretende identificar um conjunto de variáveis susceptíveis de definir o perfil auxológico do jovem hoquista, conhecer o processo de selecção e especialização desportiva num conjunto de variáveis funcionais (não específicas da modalidade) e, recorrendo a uma análise da sua estrutura dinâmica, estudar a tipologia de jogo que caracteriza a primeira fase de internacionalização. O primeiro estudo compreende uma amostra de 122 hoquistas, com 14.6-16.7 anos de idade, representando uma parte representativa dos clubes e associações de patinagem nacionais, tendo sido sujeitos a uma avaliação da componente auxológica e funcional com recurso a testes de campo e laboratoriais. A análise de dados considerou, inicialmente, a estatística descritiva e foi testado o efeito da idade cronológica, maturação e posição de campo sobre a morfologia externa e variáveis funcionais, aplicando–se, para o efeito, a análise da variância. A regressão linear múltipla (método backward) foi utilizada para identificar as variáveis metodológicas capazes de ajudar a explicar a variância dos resultados em cada uma das medidas funcionais. O nível de significância foi mantido em 5%. No segundo estudo foram considerados 73 hoquistas (32 de elite e 41 de nível local) com 14.5-16.5 anos de idade. Replicando-se a totalidade dos testes do Estudo 1, acrescentando informação associada à maturação somática, esquelética, e ao desempenho funcional, materializado pela determinação da potência aeróbia (obtida através de um teste directo, máximo, contínuo e por patamares de carga progressiva no treadmill) e pela força isocinética, completando o estudo com informação sobre os indicadores de preparação desportiva. O tratamento dos dados foi realizado através da estatística descritiva para a totalidade das variáveis, pela análise da variância para testar as diferenças por nível competitivo (local e nacional) e pela análise da função discriminante para encontrar um conjunto restrito de variáveis capazes de reclassificar os hoquistas nos grupos iniciais. O terceiro estudo incluiu a análise dos indicadores tácticos morfo-funcionais e indicadores tácticos atitudinais de 5 jogos do Campeonato da Europa de Juvenis, em que participou a Selecção Nacional composta por atletas integrantes do Estudo 2. A análise dos dados considerou, por outro lado, a estatística descritiva para a totalidade da amostra e a análise da variância para comparar os valores dos índices de desempenho relativos às acções tácticas da Selecção Nacional e selecções adversárias no conjunto dos 5 jogos. A análise estatística dos três estudos foi levada a cabo com a versão 17.0 do Software Statistical Package for the Social Sciences (SPSS). Relativamente às principais conclusões dos três estudos podemos referir que: 1) Identificou-se um conjunto de indicadores morfológicos e funcionais que caracterizam o hoquista juvenil; 2) O hoquista de elite distingue-se, para melhor, dos seus pares de nível local no estado de crescimento, maturação, desempenhos de longa duração e força muscular; 3) O processo de selecção parece privilegiar o tamanho corporal, atletas avançados maturacionalmente com maior resistência à fadiga e melhores índices de força dos membros inferiores; 4) O perfil da dimensão táctica do jogo da Selecção Nacional de Juvenis traduz-se na regularidade de pressupostos ofensivos com um elevado número de acções de ataque planeado, com uma maior frequência de aproximações à zona de finalização como resultado de acções de contra-ataque.
This study, compiled in three fragmented works, tries to identify a set of variables that define the auxology profile of young hockey players, to identify the selection process and sportive specialization in a set of functional variables (non-specific of the sport), and additionally, to study the type of game that characterizes the first phase of internationalization using an analysis of its dynamic structure. The sample of the first study included 122 male roller-skate hockey players with 14.6-16.7 years of age, representing a significant portion of clubs and national skating associations. For the evaluation of the auxology and functional variables, field and laboratory tests were used. Data analysis considered descriptive statistic. ANOVA was used to test the effect of the chronological age, maturation and outfield position as significant cause of morphological and functional variation (level of significance was maintained in 5%). Multiple regressions (backward method) were used to identify the correlate variables able to explain the variation of the results in each functional measure. The level of significance was maintained in 5%. For the second study, the sample included 73 male roller-skate hockey players (32 of elite and 41 of local level) with 14.5-16.5 years of age. All the tests of the first study were reproduced, adding data of somatic and skeletal maturation, functional performance, embodied by the determination of the aerobic power (through a direct, maximal and progressive treadmill exercise test) and by isokinetic dynamometry assessments. Additionally, it was reported information of the training history (quantity of annual practice and sportive experience). Data analysis considered descriptive statistic. ANOVA was used to test the effect of competitive level (local and national) as significant cause of variation. The discriminant function analysis was used to find a limited set of variables, able to re-classify the hockey players in the original groups. The third study included the analysis of tactical indicators of five games of the Juvenile European Championship, where the national team, composed with athletes who participated in study 2, attended. The data analysis considered the descriptive statistics for the entire sample and the analysis of variance to compare the values of performance indices on the tactical actions of the team of Portugal and its opponents, in the overall of the five games. The statistical analysis of the three studies was carried out using Statistical Package for the Social Science (SPSS) version 17.0 software. The main conclusions of the three studies can be summarized as follows: 1) it was identified a set of morphological and functional indicators that characterize the youth hockey players; 2) the elite hockey players stand out of their peers of local level in the state of growth, maturity status, long-term performance and muscle strength; 3) it seems that the process of sportive selection benefits body size, advanced athletes in maturity status, with greater resistance to fatigue and better rates of lower limb strength; 4) The profile of the tactical dimension of the youth national team game is defined by the regularity of offensive assumptions with a high number of actions of organized attack, but with a higher frequency of approaches to the central offensive area as a result of engaging in counter-attack.
Description: Tese de doutoramento em Ciências do Desporto e Educação Física, na especialidade de Ciências do Desporto, apresentada à Faculdade de Ciências do Desporto e Educação Física da Universidade de Coimbra
URI: http://hdl.handle.net/10316/17926
Rights: openAccess
Appears in Collections:FCDEF - Teses de Doutoramento

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ESPECIALIZAÇÃO DESPORTIVA EM JOVENS HOQUISTAS MASCULINOS - VASCO VAZ.pdf2.16 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record
Google ScholarTM
Check
Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.