Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/17912
Title: Análise não invasiva da acetil-CoA hepática por biópsia química
Authors: Simões, Filipa Vanessa Carvalho 
Orientador: Caldeira, Madalena
Jones, John
Issue Date: Sep-2011
Abstract: Nas últimas décadas a incidência de resistência à insulina e de diabetes tipo 2 têm aumentado a nível mundial, principalmente devido a alterações nos estilos de vida e na dieta. As acções da insulina no metabolismo hepático são fundamentais para promover o armazenamento de glucose e de lípidos. A diabetes é caracterizada em parte por defeito e/ou insuficiência na acção da insulina hepática, que se reflectem em níveis anormais de glucose e de lípidos no sangue. O fígado desempenha um papel fundamental na regulação da homeostase corporal da glucose e dos lipídos e na forma como estes são utilizados na gestão energética. Como tal, alterações hepáticas do metabolismo da glucose e dos lípidos poderão ocupar um papel central no desenvolvimento de patologias como a diabetes mellitus. Em particular estas condições são caracterizadas por níveis elevados de triglicerídeos hepáticos. O aumento na síntese de TG no fígado, ou ―de novo lipogénese‖ (DNL) tem sido apontado como um factor que contribui para o aumento dos TG hepáticos, e por isso, há um grande interesse no desenvolvimento de métodos para caracterizar a DNL. A acetil-CoA hepática é um produto comum do metabolismo de muitos nutrientes, tais como hidratos de carbono, ácidos gordos e alguns aminoácidos, e é o substrato inicial para a DNL. O enriquecimento da acetil-CoA em 13C a partir de nutrientes específicos permite retirar informação acerca da sua contribuição para a DNL. O enriquecimento da acetil-CoA em 2H, obtido a partir da 2H2O, em relação ao dos triglicerídeos, informa relativamente à contribuição total da DNL para a formação de triglicerídeos hepáticos. Assim, a quantificação dos enriquecimentos em 2H e 13C da acetil-CoA fornece informações fundamentais relativamente às contribuições de diferentes metabolitos para a DNL, bem como acerca da contribuição total da DNL para os níveis de triglicerídeos hepáticos. A acetil-CoA está presente no organismo em concentrações micromolares, sendo difícil de isolar dos tecidos do fígado e, portanto, relativamente inacessível para análise do enriquecimento a partir de marcadores metabólicos. No entanto, considerando o papel do fígado na desintoxicação e depuração de moléculas não-naturais (xenobióticos), a acetil-CoA é utilizada como dador do grupo acetil para a acetilação destes compostos na etapa inicial de desintoxicação e remoção. O ácido paminobenzóico (PABA) é um xenobiótico que é rapidamente acetilado seguido de vii eliminação do produto ácido acetil p-aminobenzóico (N-Ac-PABA) na urina. Assim, o enriquecimento da acetil-CoA hepática pode ser determinado a partir da análise não invasiva do N-Ac-PABA presente na urina. Os principais objectivos deste trabalho foram desenvolver procedimentos de recolha e purificação do N-Ac-PABA em roedores, seguido do desenvolvimento da análise por espectroscopia de RMN de 2H e de 13C da porção acetil da molécula. A farmacocinética da eliminação do N-Ac-PABA na urina em ratos e ratinhos foi determinada a fim de optimizar a dosagem de PABA a ser administrada a cada uma das espécies e a desenvolver protocolos para determinação do enriquecimento da acetil- CoA durante diferentes estados nutricionais. Em estudos onde foi administrada 2H2O a roedores mantidos em jejum ou em condições normais de alimentação foram desenvolvidos métodos de RMN para quantificação do enriquecimento em 2H do grupo acetil do N-Ac-PABA. Pela análise do N-Ac-PABA eliminado na urina por 2H RMN demonstrou-se que o enriquecimento da acetil-CoA é aproximadamente igual ao da body water e que em diferentes estados nutricionais é constante. Em ratinhos foi demonstrada a equivalência entre o enriquecimento da acetil- CoA e da BW e, assim, verifica-se que o enriquecimento em 2H da BW pode utilizado como substituto para o da acetil-CoA hepática simplificando a análise da DNL com 2H2O. Para o desenvolvimento de métodos para a determinação da contribuição de vários substratos para formação de acetil-CoA hepática diferentes espécies de roedores foram injectadas com marcadores metabólicos de 13C na presença de PABA, e foi determinado o enriquecimento em 13C do N-Ac-PABA eliminado. Foi realizado em ratinhos um teste de tolerância à glucose, com [U-13C]glucose e o enriquecimento em 13C da acetil-CoA hepática foi determinado pela análise por 13C RMN do N-Ac-PABA eliminado em diferentes intervalos após injecção. Apesar de dose injectada de glucose ser relativamente alta a sua contribuição para a acetil-CoA formada nas condições do estudo foi surpreendentemente baixa (~2.0%). Este resultado pode estar relacionado com a fraca indução na via glicolítica hepática provocada por uma única dose de glucose em animais em jejum, porém os dados demonstram os limites de detecção e sensibilidade do método de 13C RMN, desde que seja recuperada uma quantidade suficiente de N-Ac-PABA na urina. Num estudo piloto final, administrando uma dose constituída por uma mistura de 50/5º de [U-13C]frutose e [1-13C]glucose foi possível determinar, ainda que baixos, o enriquecimento em 13C da acetil-CoA formada a partir viii dos diferentes substratos. Estes dados podem reflectir uma combinação da baixa indução enzimática da via glicolítica e uma depressão aguda nos níveis de ATP hepático pela fosforilação da frutose. Pode concluir-se, mesmo nesta fase inicial, que o estudo do enriquecimento da acetil-CoA hepática a partir de nutrientes específicos, como a glucose e a frutose, pode ser mais eficaz através na incorporação de marcadores metabólicose de 13C na comida dos animais durante um período prolongado, em vez de serem administrados numa dose individual
URI: http://hdl.handle.net/10316/17912
Rights: openAccess
Appears in Collections:FCTUC Química - Teses de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
Thesis_Filipa.pdf1.25 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s)

319
checked on Nov 24, 2021

Download(s)

260
checked on Nov 24, 2021

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.