Title: A influência da prática regular de exercício físico na percepção da qualidade de vida de idosos do género feminino
Authors: Cruz, Maria Helena Lopes da 
Keywords: Idosos--qualidade de vida;Actividade física--idoso
Issue Date: 2009
Abstract: As investigações científicas têm reconhecido os benefícios psicossociais da prática regular de exercício físico na melhoria da qualidade de vida dos idosos, nomeadamente ao nível do bem-estar subjectivo. No entanto, estes estudos, para além de escassos, apresentam inúmeras limitações e os resultados são inconstantes. O presente estudo pretende, por um lado, testar a estrutura hierárquica, fidedignidade e validade do instrumento de medida PSPPp (versão portuguesa do Physical Self-Perception Profile) na população idosa portuguesa. O PSPP é um instrumento de medida que mede as auto-percepções no domínio físico e foi desenvolvido por Fox e Corbin em 1989, a pensar nas populações mais jovens, pelo que necessita de adaptações particulares para poder ser aplicado em populações idosas. Recentemente, Fox, Stathi, McKenna (2007) propuseram a versão clínica do PSPP (PSPP-SC) especificamente adaptada à população idosa. Neste estudo foi aplicada a versão portuguesa desse instrumento, identificada como PSPPp-VCR (Physical Self-Perception Profile – versão clínica reduzida). Simultaneamente, este estudo pretende averiguar o efeito psicológico da prática de exercício físico na qualidade de vida dos idosos, através da avaliação das seguintes variáveis: Satisfação com a Vida em Geral, Satisfação com a Vida no Momento, Percepção de Stress, Auto-estima Global e Auto-percepção Física. Resultados: O PSPPp-VCR foi administrado a 237 idosos (129 do género feminino e 108 do género masculino) com uma média de idades de 74, 857,66. Os valores médios dos sub-domínios do PSPPp-VCR são mais elevados no género masculino do que no género feminino. A análise dos componentes principais apresentou um resultado de seis factores para o grupo feminino e de cinco factores para o grupo masculino. As variáveis Atracção Corporal e Força Física no grupo feminino e Atracção Corporal e Saúde Física no masculino foram claramente identificadas. Os valores de alpha de Cronbach variam entre 0,62 e 0,76 no género feminino e entre 0,62 e 0,85 no género masculino, mostrando uma aceitável a boa consistência interna. As correlações bivariada de Pearson e parciais não confirmam a estrutura hierárquica do modelo, na qual a Auto-valorização Física actuaria como um mediador entre os sub-domínios do PSPPp-VCR e a Auto-estima Global. Contudo, esta organização hierárquica foi identificada no género feminino. As regressões mostram que as variáveis Funcionalidade, Força Física e Atracção Corporal explicam 38,9% para o género feminino e 65,6% para o género masculino do total da variância. No que respeita ao efeito da prática de exercício físico, não foram encontradas diferenças nos valores médios da Satisfação com a Vida no Momento, nem da Auto-estima Global entre os grupos praticante e não-praticante. O grupo praticante apresenta valores médios de Percepção de Stress mais elevados e o grupo não praticante apresenta valores médios de Satisfação com a Vida em Geral mais elevados. Os resultados demonstraram ainda uma relação positiva entre a prática de exercício físico e a percepção que os idosos formam de si próprios no domínio físico particularmente nos sub-domínios Funcionalidade, Força Física e Atracção Corporal. Conclusões: Novas investigações e novas adaptações são necessárias para adequação do PSPPp-VCR à população idosa portuguesa, nomeadamente a revisão dos sub-domínios Funcionalidade e Competência Desportiva. Parece haver uma relação fraca ou mesmo nenhuma relação entre a prática de exercício físico e a sua influência nas alterações psicológicas do bem-estar subjectivo das idosas em estudo.
Description: Dissertação de mestrado em Exercício e Saúde em Populações Especiais (Ciências do Desporto e Educação Física), apresentada à Fac. de Ciências do Desporto e Educação Física da Univ. de Coimbra.
URI: http://hdl.handle.net/10316/17826
Rights: openAccess
Appears in Collections:FCDEF - Teses de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TeseMest_ESPE_09.pdf4.43 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record
Google ScholarTM
Check
Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.