Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/17747
Title: Compreensão da gestão educacional: perspectivas sobre a ação do diretor na organização de uma escola pública da Secretaria de Estado da Educação de Minas Gerais
Authors: Vilaça, André Luís Freitas 
Orientador: Ferreira, António Gomes Alves
Keywords: Teorias da administração escolar; Educação; Diretor escolar; Sistema de ensino; Escola pública
Issue Date: 2011
Serial title, monograph or event: Compreensão da gestão educacional: perspectivas sobre a ação do diretor na organização de uma escola pública da Secretaria de Estado da Educação de Minas Gerais
Place of publication or event: Coimbra
Abstract: O presente trabalho teve como objeto de estudo a atuação do diretor de escola pública da Secretaria de Estado de Educação de Minas Gerais. Seu objetivo foi surpreender essa atuação a partir do posicionamento deste profissional ante as demandas político-pedagógica e administrativa em seu contexto de trabalho, dado que nos últimos anos sua prática vem sendo alvo de críticas em relação ao fato de priorizar a execução de tarefas administrativas em detrimento da ação político-pedagógica. Contudo, o nosso estudo, procurou ver as apreciações que se fizeram à atuação do diretor, buscando explicitar os aspectos que determinam e condicionam o desempenho deste profissional numa escola também sujeita a condições e determinações internas e externas. O enquadramento teórico que deu suporte à investigação baseou-se em estudos e pesquisas sobre a administração escolar no Brasil, passando pelos seus precursores até chegar aos atuais teorizadores, destacando uma abordagem histórica que contempla as principais tendências que se destacaram neste domínio no Brasil, o sistema educativo brasileiro em suas três esferas – federal, estadual e municipal – e os parâmetros legais que estabelecem as principais exigências do perfil do diretor ideal e real em seu contexto de trabalho. O estudo em causa é de natureza qualitativa e incidiu sobre uma escola escolhida em função da conveniência, onde pesaram aspectos como: Índice de Desenvolvimento da Educação Básica; algum conhecimento do trabalho realizado nesse estabelecimento; a aceitação por parte da direção; e a disponibilidade de outros membros da comunidade escolar. O trabalho de investigação desenvolveu-se em três fases: a) uma inicial e exploratória, em que procuramos conhecer o funcionamento da escola, recolher diversas informações e documentos a fim de identificar as pessoas a contactar; b) elaboração de um guião de entrevista cujas perguntas foram orientadas pelas questões da investigação e do conhecimento adquirido quer da leitura da bibliografia, quer da informação recolhida durante a primeira fase; c) realização das entrevistas a sujeitos escolhidos em função das responsabilidades que têm na organização escolar. De posse dos dados, e para melhor compreensão, o trabalho analítico foi estruturado, tendo por base três dimensões: Política, Organizacional e Pedagógica. Cada dimensão por sua vez, foi subdividida em categorias, a saber: a) a dimensão política, apresenta as categorias de i) Relação com poderes superiores; ii) Relação com a comunidade; b) a dimensão organizacional subdivide-se em três categorias, i) Administração; ii) Liderança; iii) Clima; c) a dimensão pedagógica, tem como categorias i) Qualidade dos professores; ii) Qualidade da aprendizagem. Em face destes pressupostos e também de alguma reflexão, ao final deste estudo, foi verificado que a atuação do diretor escolar é voltada prioritariamente para a execução das tarefas administrativas e, secundariamente, para a ação política-pedagógica. Além disso, compreendemos o antagonismo que permeia a administração do sistema educacional brasileiro, no sentido de colocar os dirigentes escolares sob o cumprimento de uma legislação fixada por poderes estatais e sob uma disciplina hierárquica dependente de organismos extraescolares, decorrendo daí a ambiguidade entre os enunciados teóricos e a ação prática, em inegável prejuízo da função diretiva ou do exercício de direção escolar mais autônoma.
This work aims the study of the intervention of public school principal of the State Secretariat of Education of Minas Gerais. His goal was amazed that intervention from this professional position to political-pedagogical demands and administrative in their work context, since in recent years his practice has been criticized over the fact that prioritize the execution of administrative tasks in detriment of the political and pedagogical action. However, our study, seek to see that the assessments were made to the role of director, seeking to explain the aspects that determine and influence the performance of a professional school also subject to conditions and internal and external determinations. The theoretical framework that supported the research was based on studies and research on school management in Brazil, going by his predecessors until the current theorists, highlighting a historical approach that considers the main trends that stood out in this field in Brazil, brazilian educational system in its three levels - federal, state and municipal - and the legal parameters that establish the main requirements of the ideal profile of the director and real in their work context. The study in question is qualitative in nature and focused on a school chosen depending on convenience, which weighed issues such as: Index of Basic Education Development; some knowledge of the study conducted at the establishment; acceptance by management, and the availability of other school community members. The research project developed in three phases: a) an initial and exploratory, where we seek to understand the school operation, collecting various information and documents to identify people to contact, b) developing an interview guide which questions were guided by research questions and knowledge gained from reading the literature or whether the information collected during the first phase, c) conducting interviews to subjects chosen depending on the responsibilities they have in school organization. In possession of data, and for better understanding, analytical work was structured based on three dimensions: political, organizational and pedagogical. Each dimension in turn, was subdivided into the next categories: a) the political dimension, provides the categories of i) Relationship with superior powers; ii) Relationship with the community, b) the organizational dimension is divided into three categories, i) Administration; ii) Leadership; iii) atmosphere c) the educational dimension has categories such as i) the quality of teachers, ii) quality of learning. Given these assumptions and also some reflection, the end of this study it was found that the intervention of the school principal is geared primarily for administrative tasks and, secondarily, to the political and pedagogical action. In addition, we understand the antagonism that permeates the administration of the Brazilian educational system, to place school leaders in compliance with legislation set by state powers and under a hierarchical discipline dependent extracurricular organizations, follow from this ambiguity between the theoretical statements and practical action in undeniable harm to the policy or function the exercise of schools more autonomous.
Description: Dissertação de mestrado em Educação (Gestão da Formação e Administração Educacional) apresentada à Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação da Universidade de Coimbra.
URI: http://hdl.handle.net/10316/17747
Rights: embargoedAccess
Appears in Collections:FPCEUC - Teses de Mestrado

Show full item record

Page view(s) 50

363
checked on Sep 22, 2020

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.