Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/1774
Title: Recombinant procardosin A : activation, kinetics and structure-function relationship
Authors: Castanheira, Pedro Miguel Dias 
Orientador: Faro, Carlos José Fialho Costa
Tang, Jordan
Keywords: Enzimologia; Cardosinas
Issue Date: 6-Dec-2004
Abstract: As cardosinas são proteases aspárticas que se encontram em abundância nos pistilos de Cynara cardunculus L., sendo responsáveis pela actividade coagulante dos extractos de flor desta planta, usados tradicionalmente em Portugal no fabrico de queijo de elevada qualidade. Estas enzimas são sintetizadas na forma de precursores inactivos, contendo uma sequência sinal no seu terminal amínico, seguida de um peptídeo pró que precede a sequência da enzima madura. As cardosinas, como a maioria das proteases de plantas, possuem no interior da cadeia madura uma inserção com cerca de 100 aminoácidos conhecida como PSI (Plant Specific Insertion), que é removida durante a maturação. O domínio PSI possui homologia com a família das proteínas semelhantes à saposina (SAPLIP) e foi já demonstrado o seu envolvimento no endereçamento dos precursores das proteases aspárticas vegetais para o vacúolo; também foi proposto um papel do PSI no correcto enrolamento do precursor destas enzimas. Neste trabalho, a cardosina A foi expressa em E. coli sob a forma de corpos de inclusão e após a indução do enrolamento tridimensional, a proteína recombinante foi purificada por técnicas cromatográficas. Foi demonstrada a capacidade de autoactivação do precursor da cardosina A recombinante em ambiente acídico, originando uma enzima recombinante activa com parâmetros cinéticos e especificidades semelhantes à enzima nativa. Na segunda parte do trabalho, foi estudada a relação estrutura-função do domínio PSI da cardosina A. Este domínio possui capacidade de interagir e destabilizar vesículas fosfolipídicas, sendo essa capacidade dependente de pH acídico e da presença de fosfolípidos aniónicos. Neste trabalho foi demonstrada a importância dos aminoácidos básicos na manutenção da capacidade lítica do PSI. Foi também estudado o papel das pontes disulfeto para esta actividade do PSI, sendo descrito e caracterizado um duplo mutante de cisteínas com capacidade lítica significativamente aumentada.
Description: Tese de doutoramento em Bioquímica (Enzimologia) apresentada à Fac. de Ciências e Tecnologia de Coimbra
URI: http://hdl.handle.net/10316/1774
Rights: embargoedAccess
Appears in Collections:FCTUC Ciências da Vida - Teses de Doutoramento

Show full item record

Page view(s)

47
checked on Jul 9, 2020

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.