Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/17419
Title: O reconhecimento das emoções básicas através da expressão facial: estudo comparativo
Authors: Rodrigues, Priscila Morgado do Couto 
Orientador: Sá, Eduardo
Keywords: Psicologia da saúde; Psicologia clínica; Expressão facial; Emoções
Issue Date: 2007
Serial title, monograph or event: O reconhecimento das emoções básicas através da expressão facial: estudo comparativo
Place of publication or event: Coimbra
Abstract: Partindo do pressuposto que as emoções podem ser definidas como uma realidade multidimensional, e reconhecendo a universalidade da sua expressão e reconhecimento nos rostos humanos, de acordo com o postulado pela Teoria Neurocultural das Emoções, procedeu-se a um estudo comparativo, com o principal objectivo principal de verificar a exactidão do reconhecimento das emoções básicas, junto de populações específicas, através de imagens de expressões faciais que obedecem a critérios universais de exibição. Da aplicação do Teste de Reconhecimento das Emoções Básicas a uma amostra de 239 participantes, sendo 32 deles psicólogos, 74 estudantes de psicologia e 133 indivíduos com várias outras profissões, resultaram diferenças significativas na prestação dos sujeitos, ao nível do género, idade e profissão. A emoção melhor reconhecida foi a Alegria, como era esperado, e a mais difícil de identificar a Raiva, ao contrário do habitual nestes estudos.
Considering that emotions can be defined as a multidimensional reality, and recognizing the universality of their display, such as Neurocultural Theory claims, a comparative study was made, regarding evaluate basic emotions recognition accuracy in specific groups, through facial display images that follow universal criterions of exhibition. The Basic Emotions Recognition Test was employed in a population of 239 participants, composed by 32 psychologists, 74 psychology students and 133 individuals with several other occupations, and significant differences were achieved, regarding subjects’ performance in gender, age and profession. The best recognized emotion was Happiness, as expected, and the more difficult one Anger, which is a new result.
Description: Dissertação de Mestrado Integrado em Psicologia, especialização em Psicologia Clínica e Saúde, apresentada à Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação
URI: http://hdl.handle.net/10316/17419
Rights: embargoedAccess
Appears in Collections:FPCEUC - Teses de Mestrado

Show full item record

Page view(s) 5

1,184
checked on Sep 22, 2020

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.