Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/17390
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorCardoso, Leonor-
dc.contributor.authorFavas, Inês Jorge Luís-
dc.date.accessioned2011-10-27T16:04:47Z-
dc.date.available2011-10-27T16:04:47Z-
dc.date.issued2007-
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10316/17390-
dc.descriptionDissertação de Mestrado em Psicologia das Organizações e do Trabalho, apresentada à Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade de Coimbrapor
dc.description.abstractFace ao clima competitivo e aos ciclos de mudança com que as organizações do mundo actual se deparam, uma necessidade premente para a sua sobrevivência deve ser tomada em conta: encontrar recursos humanos leais e empenhados, oferecendo-lhes fortes alicerces que sustentem essa ligação ao longo do tempo e os transformem em peças capazes de marcar a diferença em termos inter-organizacionais. Por outras palavras, é, hoje, ponto assente que os colaboradores comprometidos são uma importante vantagem competitiva para as empresas. Neste sentido pretendemos, através do presente estudo, dar conta dos principais caminhos percorridos ao longo dos últimos anos neste domínio conceptual, ancorando-nos no modelo preconizado por Quijano, Navarro e Cornejo (2000), que esteve na origem do desenvolvimento do Questionário de Comprometimento e Identificação com a Organização – ASH-ICI. Este avalia o vínculo que o indivíduo estabelece com a organização, designadamente, o comprometimento e a identificação organizacional, e ainda a implicação com o posto de trabalho. Partindo da premissa de que o comprometimento é um conceito multidimensional, inquirimos 369 funcionários de oito unidades orgânicas de uma instituição de ensino superior politécnico, com o objectivo de validar o supracitado instrumento para a população em causa, procurando conhecer a natureza do vínculo que desenvolveram com a sua organização. Da análise factorial exploratória realizada, emergiu uma estrutura tetradimensional que foi posteriormente interpretada à luz da teoria revista. Os resultados confirmam a validade do questionário utilizado enquanto instrumento de medida do comprometimento organizacional e demonstramnos que os funcionários desta instituição se identificam com os valores que ela defende e que se encontram com ela comprometidos. Contudo, a instabilidade dos factores que constituem este constructo, indica-nos que é necessário continuar a investir ao nível do estudo empírico.por
dc.description.abstractTo face the competitive environment and cycles of changes of the current world, organizations have to face a pressing necessity: to find human resources loyal and pledged and, by offering them strong foundations to support this linking, be able to transform them into capable parts to mark the difference in inter-organizational terms. In other words, it is today establish that the compromised collaborators are an important competitive advantage for the organizations. The present study intend to give account of the main development of the last years in this conceptual domain, defining as the foundation the model of the Human Systems Auditory (HSA), more concretely, the ASHICI questionnaire, which centers the analysis on the concepts of commitment, organizational identification, and implication with the work rank. Starting with the premise that the commitment is a multidimensional concept, we inquire 369 employees of eight organic units of superior education institution, with the objective to validate the above-mentioned instrument for the population in cause, to understand how they are attached with their organization. The results of the exploratory factorial analysis confirmed the fourfactorial structure of the scale and its validity as an instrument of measure for the organizational commitment. The results also demonstrated that these employees identify themselves with the values that the institution defends and, that they are committed with the organization. However, the instability of the factors that constitute this scale, indicate that it is necessary to continue the research in this area.por
dc.language.isoporpor
dc.rightsembargoedAccesspor
dc.subjectComprometimento com a organizaçãopor
dc.subjectIdentificação com a organizaçãopor
dc.subjectModelos unidimensionaispor
dc.subjectModelos multidimensionaispor
dc.titleComprometimento organizacional: contributo para a validação do ASH-ICI em organizações do ensino superior públicopor
dc.typemasterThesispor
degois.publication.locationCoimbrapor
degois.publication.titleComprometimento organizacional: contributo para a validação do ASH-ICI em organizações do ensino superior públicopor
dc.peerreviewedNopor
item.languageiso639-1pt-
item.fulltextSem Texto completo-
item.grantfulltextnone-
Appears in Collections:FPCEUC - Teses de Mestrado
Show simple item record

Page view(s) 50

307
checked on Oct 20, 2020

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.