Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/15974
Title: Luto parental: qualidade de vida, stress e coping face à crise: um estudo exploratório
Authors: Lopes, Milena Ferreira 
Orientador: Lourenço, Madalena
Keywords: Luto; Parentalidade; Coping familiares; Stress; Qualidade de vida familiar
Issue Date: 2008
Serial title, monograph or event: Luto parental:qualidade de vida, stress e coping face à crise: um estudo exploratório
Place of publication or event: Coimbra
Abstract: O presente estudo pretendeu analisar a existência de eventuais diferenças entre pais a quem tenha falecido um filho e pais que nunca tenham passado por este tipo de luto, no que diz respeito à sua percepção da qualidade de vida, stress e coping familiares. Neste sentido, procedeu-se à comparação de duas sub-amostras (pais enlutados/pais não enlutados), equivalentes em género e idade. Foram encontradas diferenças estatisticamente significativas ao nível da qualidade de vida familiar percepcionada, (tal como avaliada pelo QDV, na sua totalidade e em algumas das suas dimensões) e no stress familiar percebido (avaliado pelo FILE, enquanto escala total). Relativamente às estratégias preferenciais de coping, foram encontradas diferenças apenas numa das sub-escalas do F-COPES. Num segundo momento, foram testadas eventuais correlações de variáveis sócio-demográficas, familiares e relativas ao processo de luto na variabilidade dos resultados
The present study intend to analyse the existence of eventual differences in the perception of family quality of life, stress and coping between parents whom have lost a child and parents who never experienced this kind of grief. To do so, we compared two groups (parents in a mourning process/parents without it) equals in age and gender. We found major differences in the perception of family quality of life (as measured by QDV, total and in its dimensions) and in the level of total family stress perceived (measured by FILE). The coping strategies were highly different only in one of the dimensions of the scale (F-COPES). After this first analysis, we tested eventual correlations between social, demographic, family and grief variables into the variability of the results.
Description: Dissertação de Mestrado na Área de Psicologia Clínica e Saúde, Sub-área de especialização em Sistémica, Saúde e Família
URI: http://hdl.handle.net/10316/15974
Rights: embargoedAccess
Appears in Collections:FPCEUC - Teses de Mestrado

Show full item record

Page view(s) 50

350
checked on Oct 19, 2020

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.