Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/14706
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorCunha, Lúcio-
dc.contributor.advisorTavares, Alexandre Manuel de Oliveira Soares-
dc.contributor.authorFerreira, Armando Luís Mendes-
dc.date.accessioned2011-03-21T09:17:41Z-
dc.date.available2011-03-21T09:17:41Z-
dc.date.issued2011-02-17-
dc.identifier.citationFerreira, Armando Luís Mendes - Caracterização morfométrica das bacias hidrográficas e áreas inundáveis no Concelho de Pombal. Coimbra, 2010por
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10316/14706-
dc.descriptionDissertação de mestrado em Dinâmicas Sociais, Riscos Naturais e Tecnológicos, apresentada a Faculdade de Letras, Faculdade de Ciências e Tecnologia e Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra.por
dc.description.abstractAs cheias naturais ou induzidas são fenómenos que podem provocar rupturas e impactos significativos nos sistemas sociais e económicos nas áreas por elas afectadas. A minimização desses efeitos passa essencialmente por dois tipos de medidas: as medidas estruturais e as não-estruturais, de carácter preventivo ou reactivo, encontrando-se as acções de resposta à emergência entre estas últimas. Para serem efectivas, estas acções têm de ser planeadas com antecedência e requerem a disponibilização de informação muito diversa e proveniente de várias fontes, incluindo a caracterização física, hidrológica/hidrográfica e sócio económica da área afectada, a identificação dos agentes a mobilizar em caso de catástrofe e a inventariação dos meios e recursos disponíveis. As cheias de 26 de Outubro de 2006 no concelho de Pombal, constituem uma nova realidade com a qual a população da cidade terá que aprender a lidar. Geograficamente estas cheias abrangeram áreas de ocupação humana antigas e recentes, uma ocupação que cada vez mais se expande para os leitos de cheia dos vários cursos de água que atravessam ou convergem para o perímetro urbano da cidade. Urge, assim, conhecer melhor o território e suas vulnerabilidades de forma a se poder desenvolver medidas de minimização do risco que advêm da localização da cidade devido ao seu crescimento ao longo dos últimos 25 anos.por
dc.language.isoporpor
dc.publisherFEUCpor
dc.rightsopenAccesspor
dc.subjectCheiaspor
dc.subjectInundaçõespor
dc.subjectVulnerabilidadepor
dc.titleCaracterização morfométrica das bacias hidrográficas e áreas inundáveis no Concelho de Pombalpor
dc.typemasterThesispor
dc.peerreviewedYespor
uc.controloAutoridadeSim-
item.grantfulltextopen-
item.fulltextCom Texto completo-
item.languageiso639-1pt-
crisitem.advisor.deptFaculty of Arts and Humanities-
crisitem.advisor.deptFaculty of Sciences and Technology-
crisitem.advisor.parentdeptUniversity of Coimbra-
crisitem.advisor.researchunitCEGOT – Centre of Studies on Geography and Spatial Planning-
crisitem.advisor.researchunitCES – Centre for Social Studies-
crisitem.advisor.parentresearchunitUniversity of Coimbra-
crisitem.advisor.orcid0000-0003-0086-7862-
crisitem.advisor.orcid0000-0003-1621-6183-
Appears in Collections:FEUC- Teses de Mestrado
UC - Dissertações de Mestrado
Files in This Item:
File Description SizeFormat
Tese Armando Ferreira.pdf6.66 MBAdobe PDFView/Open
Show simple item record

Page view(s) 50

367
checked on Sep 15, 2022

Download(s) 10

1,727
checked on Sep 15, 2022

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.