Title: Efeito do treino com elástico cirúrgico na melhora do desempenho de jovens nadadores na distância de 50 metros na técnica de crol : efeito da utilização de tarefas de treino de velocidade de nado resistido com elástico cirúrgico na melhora do resultado obtido num teste de 50 metros de crol em jovens nadadores
Authors: Rezende, Mônica dos Anjos Costa de 
Keywords: Treino desportivo -- natação
Issue Date: 2010
Citation: REZENDE, Mônica dos Anjos Costa de - Efeito do treino com elástico cirúrgico na melhora do desempenho de jovens nadadores na distância de 50 metros na técnica de crol : efeito da utilização de tarefas de treino de velocidade de nado resistido com elástico cirúrgico na melhora do resultado obtido num teste de 50 metros de crol em jovens nadadores [em linha]. Coimbra : [s.n.], 2010. [Consult. Dia Mês Ano]. Dissertação de mestrado. Disponível na WWW:<http://hdl.handle.net/10316/14215>
Abstract: Este estudo consiste na avaliação do efeito de treino com nado resistido, através do uso de um elástico cirúrgico (série 3x4x20” três vezes por semana), durante um período de cinco semanas sobre a força propulsiva e a velocidade de nado numa prova de 50 metros nado de crol. A amostra constou de 22 jovens atletas de dois países, 10 (5 masculino, 16,0 anos ±0,31 e 5 feminino, 13,44 anos ±0,20) do grupo de nadadores de Portugal, que não fez uso do elástico cirúrgico durante período de treino e 12 (6 masculino, 15,55 anos ±0,68 e 6 feminino, 13,57 anos ±0,35) do grupo de nadadores do Brasil que usou o elástico cirúrgico durante as cinco semanas de treino. Comparando os grupos com as variáveis (Biográfico, Cineantropométrico, Volume e Intensidade de Treino, Velocidade e Força Propulsiva) não foram encontradas diferenças, sendo o nível de significância de <0,001. A não melhoria da velocidade e da força propulsiva pode estar relacionada com a pouca técnica de nado dos nadadores do grupo do Brasil, os quais, apesar de terem um tempo mínimo de dois anos de treino, poucos possuíam índices nacionais.
This study was made in order to assess the effect on the propulsive power and on the swimming speed in a 50 meters crawl competition, due to regular training sessions (3x4x20'' series, three times a week, for five weeks) which were performed against a rubber-inflicted resistance. The sample was composed of 22 swimmers from 2 two countries: 10 Portuguese swimmers (5 male swimmers, 16±0,31 years old and 5 female swimmers, 13,44±0,2 years old) did not train against the rubber resistance and 12 Brazilian swimmers (6 male swimmers, 15,55±0,68 years old and 6 female swimmers 13,57±0,35 years old) who trained against the rubber-inflicted resistance, according to the above-explained schedule. When comparing the both groups variables (biographic, kinanthropometric, volume and intensity training, propulsive speed and power), no differences were found (p < 0,001). The results showed that both propulsive speed and power were not improved and this result can be related to the low technical level of the Brazilian swimmers, despite this group having at least two years of training, and only a few participants had reached the Brazilian national competition score index.
Description: Dissertação de mestrado em Biocinética, apresentada à Faculdade de Ciências do Desporto e Educação Física da Universidade de Coimbra
URI: http://hdl.handle.net/10316/14215
Rights: openAccess
Appears in Collections:FCDEF - Teses de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Efeito do treino com elástico cirúrgico na melhora do desempenho de jovens nadadores.pdf2.38 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record
Google ScholarTM
Check
Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.